Isolada, Celina Leão vê pressão aumentar com investigações

0
13

Câmara Legislativa

JORNAL DESTAK –

 

A presidente da Câmara Legislativa, Celina Leão (PPS), sentiu a pressão aumentar contra si após a revelação de um esquema de propina na área da saúde. Isolada após brigar com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e com a família Roriz, que a lançou para a política, Celina enfrenta turbulência após áudios gravados pela filha do clã, Liliane Roriz (PRTB). …

 

Antes da revelação do esquema, Celina tentou uma reaproximação com a família Roriz. Seu primeiro cargo público foi como secretária da Juventude, em 2005, no governo de Joaquim Roriz. Depois, chefiou o gabinete de Jaqueline Roriz e disputou a eleição de 2010 pelo PMN, com apoio do clã. Após oito meses, Celina rompe com rorizistas, filiando-se ao PSD.

 

Sem o apoio dos padrinhos, Celina transferiu-se ao PDT e apoiou a candidatura de Rodrigo Rollemberg (PSB), que contribuiu para a chegada da parlamentar à presidência da Câmara em 2015. A deputada mudou de lado no mesmo ano e filiou-se ao PPS, seguindo o senador Cristovam Buarque. Na época, a distrital se declarou “independente”.

 

Reaproximação

Interlocutores afirmam que Celina tentou se reaproximar da família Roriz para fortalecer parcerias políticas. A jogada, no entanto, não vingou. Liliane Roriz, vice-presidente da Casa até semana passada, e última integrante da família com mandato, gravou suas conversas e as repassou ao Ministério Público do DF (MPDFT).

 

Em um dos áudios, Celina demonstra conhecimento sobre a emenda de R$ 30 milhões que remanejou da CLDF para pagamento de dívidas do governo com o aluguel de UTIs. Empresas beneficiadas repassariam 7% do valor aos membros da Mesa-Diretora da CLDF.

 

Após receber as gravações, o Ministério Público abriu investigação para apurar o caso. A CPI da Saúde da CLDF vai ouvir Valério e os empresários. Celina, por sua vez, diz que o projeto foi de Liliane e que vai pedir investigação por quebra de decoro contra a parlamentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui