MAIS
    HomeBrasilJanaina Paschoal recebe maior honraria da Assembleia Legislativa de São Paulo

    Janaina Paschoal recebe maior honraria da Assembleia Legislativa de São Paulo

     

    Colar de Honra ao Mérito Legislativo será entregue pela deputada Leticia Aguiar

    A deputada estadual Leticia Aguiar (Progressistas) vai homenagear, Janaina Paschoal, com o Colar de Honra ao Mérito Legislativo da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, pelos excelentes serviços prestados ao legislativo paulista e para o desenvolvimento do Estado de São Paulo, bem como por sua imensa contribuição ao país participando intensamente dos eventos e processos políticos mais importantes de nossa História recente.

    Em 2018, Janaina Paschoal foi eleita deputada estadual com 2.060.786 votos, que é a maior votação recebida por um parlamentar no Brasil, tanto em âmbito Estadual quanto Federal.

    O Colar de Honra ao Mérito Legislativo do Estado de São Paulo é a maior honraria oferecida pela Assembleia Legislativa e entregue para personalidades que se destacaram e contribuíram para o desenvolvimento social, cultural e econômico do Estado.

    A Entrega do Colar de Honra ao Mérito Legislativo será na próxima segunda-feira dia 4 de dezembro, às 10h da manhã, na Assembleia Legislativa – Plenário Juscelino Kubitschek, na capital paulista.

    Segunda a deputada Leticia Aguiar a homenagem à Janaina Paschoal é uma forma de reconhecer a importância de seu trabalho no legislativo paulista na gestão 2018/2022 na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo: “Trabalhar ao lado de Janaína Paschoal foi um aprendizado constante, seu notório saber jurídico, suas posições firmes e seu lado combativo na defesa dos interesses da população, e sua contribuição em projetos de lei e propostas representaram um avanço no legislativo paulista e servem de exemplo para todas as mulheres que se propõem a entrar na política”, disse a parlamentar.

    Leticia Aguiar justifica a homenagem reconhecendo os valores em comum com Janaina Paschoal: “Janaina Paschoal tem opinião própria, mas defende os mesmos princípios e valores que acredito, a defesa da vida desde a concepção, a proteção a família, o combate a corrupção, a liberdade, a defesa dos direitos das mulheres e a proteção ás crianças e adolescentes, e em toda a sua vida pessoal, acadêmica e política trabalhou empunhando essas bandeiras. Janaina é merecedora desse reconhecimento que a Assembleia Legislativa faz ás personalidades que contribuem com o estado, fico feliz em ter sido eu a pessoa a indicar esta importante honraria”, concluiu a parlamentar. 

    Leticia Aguiar é coautora em diversos projetos de lei propostos por Janaina Paschoal durante a última legislatura, e que seguem em trasmitação na ALESP entre eles os seguintes projetos: Assegura o porte e a alienação por doação de armas de fogo aos guardas municipais; Veda o uso de recursos públicos em publicidade e/ou propaganda governamental e institucional fora das hipóteses constitucionais; Determina que a interrupção de gestação decorrente de estupro seja notificada à autoridade policial, bem como que tecidos fetais ou embrionários sejam preservados para fins de perícia genética; Garante o acesso ao primeiro ano do Ensino Fundamental a todas as crianças que completem 6 (seis) anos de idade durante o ano a ser cursado; Determina que uma das aulas semanais de Educação Física seja destinada ao ensino de alguma modalidade de luta corporal às alunas, tanto no Ensino Fundamental como no Ensino Médio; Garante o direito a acompanhante no pós-operatório aos pacientes submetidos à mastectomia, na rede pública ou privada de saúde do Estado; Confere a profissionais do sexo feminino exclusividade nos cuidados íntimos com crianças na Educação Infantil.

    A Homenageada

    Janaina Conceição Paschoal nasceu na Zona Leste de São Paulo, neta de migrantes pernambucanos, vê São Paulo como um grande polo atrativo para toda a nação. Aos dezessete anos, ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, o famoso Largo de São Francisco, onde se graduou em 1996.

    Na mesma instituição (Largo de São Francisco), obteve seu doutoramento e a Livre Docência. Desde 2003, leciona em referida Faculdade, ministrando diversas disciplinas diretamente relacionadas ao Direito Penal, além de Segurança Pública, Biodireito e Religião e Direito Penal.

    Autora de vários livros e artigos, com destaque para Constituição, Criminalização e Direito Penal Mínimo (Editora RT), Ingerência Indevida (Editora Fabris) e Religião e Direito Penal (Editora LiberArs).

    Janaina trabalhou na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e no Ministério da Justiça; também exerceu a Presidência do Conselho Estadual de Entorpecentes de São Paulo.

    Advogada há vinte anos, participou do Conselho Seccional da OAB/SP e de várias atividades de Ordem.Crítica ferrenha da dominação exercida pelo esquerdismo no Brasil, há muitos anos, Janaina denuncia a necessidade de enfrentar a ditadura que aos poucos vem se instalando. Com o fim de inverter esse tenebroso rumo, ao lado de Hélio Bicudo e, posteriormente, de Miguel Reale Júnior, Janaina pediu o Impeachment da Presidente Dilma Rousseff, participando intensamente do processo mais importante da História recente.

    Merece destaque, igualmente, o fato de, na companhia de Hélio Bicudo, Maristela Basso e Jorge Coutinho Paschoal, ter oferecido denúncia contra Nicolas Maduro, perante o Tribunal Penal Internacional, pelos muitos crimes contra a humanidade por ele praticados.

    Apesar de ter uma carreira sólida, tanto na advocacia como na docência, e de gostar muito de seu trabalho, Janaina percebeu que entrar formalmente na Política poderia ser uma forma de ter mais voz, para seguir lutando pela depuração de nosso país. Concorrer a um cargo eletivo, a princípio, não estava em seus planos, mas as pressões sofridas mostraram que ela só teria dois caminhos: obter o aparato necessário para falar em prol do país, ou se recolher, pois as ameaças de mal injusto e grave e as ofensivas persecutórias não lhe permitiriam continuar a trilhar o caminho que iniciou. Ademais, Janaina sempre ensinou seus alunos que eles precisam se preparar para ocupar os espaços e fazer a diferença. Recuar, certamente, seria um mau exemplo. Com relação às alunas, Janaina insiste, há anos, que elas podem conciliar vida familiar e profissional.

    Em certa medida, concorrer ao cargo de Deputada Estadual foi uma forma de evidenciar que essa junção é possível. Em 2018, foi eleita com 2.060.786 de votos, que é a maior votação recebida por um parlamentar no Brasil, tanto na esfera Estadual como na esfera Federal.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img