Juiz nega liminar e Marli Rodrigues será afastada do comando do SindSaúde

E a novela caminha para um desfecho favorável para o presidente-interventor do SindSaúde-DF, Amarildo Carvalho.

O Juiz da 9a Vara do Trabalho  da 10a Região,  negou liminar de Marli contra Amarildo, e  ela poderá ser afastada a qualquer momento do cargo.

Além disso os trabalhos da Comissão de Apuração deverão continuar, segundo o advogado Paulo Goyáz.

Abaixo, o  documento da Justiça do trabalho. Confira:

sindsaude – tutela de urgencia negada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui