LAERTE BESSA ASSUMIRÁ VAGA DE JAQUELINE

11
12

O delegado Laerte Bessa (PSC) se prepara para assumir a vaga da deputada federal Jaqueline Roriz (PMN), que será investigada pela corregedoria da Câmara a pedido do PSol.  A deputada do PMN está de licença médica desde que foi divulgado um vídeo em que, ao lado do marido, Manoel Neto, aparece recebendo dinheiro das mãos de Durval Barbosa, pivô do mensalão do DEM de DF. Cerca de 90% dos deputados acreditam que Jaqueline Roriz, que também vai ser investigada pelo Conselho de Ética da Casa por quebra de decoro parlamentar, perca do mandato.

A entrevista de outra vítima dos vídeos de Durval Barbosa, José Roberto Arruda, filmado recebendo R$ 50 mil e que, por causa do escândalo do mensalão, foi expulso do DEM, perdeu o mandato de governador e passou dois meses preso, provocou grande reboliço em Brasília, especialmente no DEM. Em entrevista a revista “Veja”, o ex-governador acusa os ex-correligionários de receber recursos da quadrilha investigada pela operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal. Entre os beneficiários do esquema de corrupção estariam o presidente do DEM, José Agripino Maia, e o senador Demóstenes Torres, que reagiu, no twitter, chamando Arruda de “bandido completo, frequentador assíduo das condutas tipificadas no Código Penal e hóspede honorário da carceragem da PF.”

Fonte: Jornal Opção, Goiânia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui