Mágoas e revolta

0
128

A Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou em 29 de junho de 2016, a sessão solene de outorga do Título de Cidadão Honorário de Brasília ao senhor Odilon Aires Cavalcante. O evento, de iniciativa do deputado distrital Rafael Prudente, ocorreu no plenário desta Casa e contou com a presença de representantes políticos, familiares e da população.

“O deputado Odilon Aires chegou a Brasília em 1975 e logo entrou para a política em 1979, quando iniciou os trabalhos no PMDB. Em 1998, Odilon já fez história, quando conseguiu a maior bancada do partido na Casa Legislativa” lembrou Rafael Prudente.

O distrital completou: “Odilon Aires é um exemplo para todos os parlamentares ativos na CLDF, uma vez que, foi eleito deputado distrital por três vezes. Deputado que exaltou o funcionalismo público e em especial a regularização fundiária da sociedade do Distrito Federal” disse.

Odilon presidiu por muitos anos o PMDB-DF, até ser surpreendido por uma manobra de um  então político  novato que lhe tomou a presidência. Aliás, Odilon é um poço de mágoas com o atual assessor especial do presidente Temer, Tadeu Filippelli. Aliás, tanto Temer quanto Filippelli costumavam se encontrar na residência de Odilon no Cruzeiro para longas conversas…

Atualmente Odilon é  vice-presidente do PMDB/DF, partido que ajudou fundar e que presidiu por 12 anos, e é portador de uma doença degenerativa rara, fato que têm lhe imposto longos períodos de repouso e distância de eventos públicos devido ao tratamento e seus efeitos.

 

Fonte: Donny Silva/Com informações da CLDF