Maia critica Temer e diz que palavras do presidente não têm credibilidade

0
12

Para o presidente da Câmara, é preciso limite tanto para a ação dos manifestantes quanto para do governo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou nesta sexta-feira, 25, a decisão do presidente Michel Temer de usar as Forças Armadas para desobstruir as estradas bloqueadas pelos caminhoneiros, que protestam contra o alto preço dos combustíveis. Maia disse que a continuidade da manifestação da categoria mesmo após acordo com o governo é resultado da falta de credibilidade das palavras de Temer.

“O (uso do) Exército é desnecessário. A utilização das Forças Armadas não parece o passo correto neste momento. Os manifestantes estão dialogando. Uma parte ontem (quinta-feira) deixou claro que o acordo que vinha sendo feito não ia impactar a ponta, e foi o que aconteceu”, afirmou. “Então, acho que tem que tomar cuidado. Desobstruir a estrada é uma coisa, usar as Forças Armadas é outra. As Forças Armadas têm que ocupar outro papel nessa história”, emendou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui