MAIORIA DO TSE DECIDE IMPUGNAR ARRUDA: VOTAÇÃO CHEGOU A 5×1

0
8

plenario-tse-by-carlos-humberto

 

 

 

 

 

MENDES É VOTO VENCIDO E NORONHA ELEVA O PLACAR CONTRA ARRUDA: 5×1

Em votos contundentes, a maioria dos ministros do TSE ratificou a impugnação de Arruda como incurso na Lei Ficha Limpa
Com o voto do ministro João Otavio de Noronha, chegou a 5×1 o placar no Tribunal Superior Eleitoral pela impugnação da candidatura de José Roberto Arruda (PR) ao governo do Distrito Federal. O presidente do TSE, Dias Toffoli, adiou para depois do exame de dois outros casos, ainda nesta madrugada, não apenas o seu voto como a proclamação do resultado do julgamento.

Ministro relator, Henrique Neves deu o tom da decisão do TSE
O ministro Henrique Neves, relator do processo, foi quem primeiro votou e recomendou a rejeição ao recurso de Arruda contra a própria impugnação. A sessão de julgamento no TSE foi iniciada às 20h50.
O ministro Admar Gonzaga seguiu a posição do relator e também votou contra Arruda, mas o ministro Gilmar Mendes votou a favor. Em seguida, o ministro Luiz Fux se posicionou contra o registro da candidatura, assim como a ministra Laurita Vaz, que colocou o placar em 4 x 1 e sacramentou a decisão do TSE contrária à permanência do ex-governador no pleito de 5 de outubro. Com Noronha, o placar chegou a 5×1. Arruda poderá ainda recorrer ao Supremo Tribunal Federal, o que permite a continuação da campanha até a sentença final.
Joaé Roberto Arruda recorreu contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) que o considerou inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. A Procuradoria-Geral Eleitoral sustentou que Arruda é ficha suja.
 

 

Fonte: Diário do Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui