Mais denúncia de venda de sentenças, desta vez no Espírito Santo

0
28

Vejam só essa constrangedora situação envolvendo o judiciário capixaba: Os desembargadores do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) acolheram o pedido do Ministério Público do estado e decretaram a prisão preventiva dos juízes Carlos Alexandre Gutmann e Alexandre Farina. Os dois são investigados por suposta venda de sentenças. Que tal o Senado ter coragem de instalar a CPI da Toga para fazer uma faxina no Judiciário, começando pelo STF.

De acordo com o jornal Folha Vitória, a sessão plena do Tribunal aconteceu na tarde desta quinta-feira (29/7). A relatora e desembargadora Elisabeth Lordes afirmou, em seu voto, que a decisão era necessária por eles representarem riscos para a continuidade das investigações.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui