MAIS DETALHES SOBRE A OPERAÇÃO DA PF EM BRASÍLIA

0
4

Agentes da Polícia Federal executaram  mandado de busca e apreensão na Secretaria de Informática da Câmara Legislativa do DF. O mandado foi autorizado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça Fernando Gonçalves e tem o objetivo de vasculhar e-mails trocados pelo suplente Geraldo Naves, que desde o dia 12 de fevereiro está preso na Papuda. Ele é acusado de participar de uma operação de tentativa de suborno atribuída ao governador afastado José Roberto Arruda.

Em ofício nº 331/2010 o ministro comunica a quebra de sigilo telemático do usuário Geraldo Naves “Determino que seja dado amplo e imediato acesso à autoridade policial federal, portadora deste ofício, a todas as mensagens eletrônicas emitidas e recebidas durante o período de 1 de janeiro a 4 de fevereiro de 2010”, determinou o ministro do STJ.

Além da Câmara, agentes cumprem mandados de busca e apreensão em mais dois locais no Distrito Federal. A PF, no entanto, ainda não informou quais são os alvos. Mais informações amanhã no Correio Braziliense.

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui