Mais dois deputados se afastam provisoriamente da CPI da Saúde

0
13

Os deputados Cristiano Araújo (PSD) e Júlio César (PRB) comunicaram nesta segunda-feira (29) ao presidente da CPI da Saúde, Wellington Luiz (PMDB), o afastamento temporário deles da comissão. Ambos justificaram que devem ficar de fora da CPI enquanto durar a investigação da denúncia de propina para aprovação de emenda parlamentar, na qual foram citados.

Wellington Luiz anunciou ontem que quem deve assumir a vaga de Cristiano Araújo – vice-presidente da CPI – é a suplente Sandra Faraj (SD). Informou também que amanhã à tarde (30) na reunião do colégio de líderes vai solicitar ao bloco do deputado Júlio César (PRB) que indique o seu substituto.

Com a saída dos parlamentares e mais a do deputado Bispo Renato – substituído por Agaciel Maia (PTC) na semana passada -, já são três membros titulares que foram substituídos depois da crise que envolveu as denúncias contra deputados distritais. Wellington Luiz garante a CPI vai continuar trabalhando normalmente até o seu encerramento, previsto para o ano que vem. “A CPI não foi afetada em sua credibilidade e continua recebendo muitas denúncias para apuração”, afirmou.

Oitiva – Nesta quarta-feira (30) está confirmado o depoimento da CPI do ex-diretor do Fundo de Saúde do DF, Ricardo Cardoso. Segundo Wellington Luiz, em virtude da sua função na área de gestão da saúde e sua relação com o governo, a CPI deverá buscar informações relevantes para a investigação.

Fonte: CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui