Mais uma vítima – o extermínio da População em Situação de Rua do Distrito Federal

0
7


 *Arlete Sampaio

No dia 30 de agosto experimentamos mais um episódio de violência contra a população em situação de rua no Distrito Federal. Nenhum sentimento representa de maneira mais legítima essa dor do que a indignação.

Três pessoas foram envenenadas no Setor Comercial Sul de Brasília, sendo que uma delas veio a óbito e duas se encontram internadas.

Destas pessoas pouco sabemos. Do noticiário, temos apenas a informação que uma delas chama-se Alex. Ele perdeu a vida com aproximadamente 25 anos, sendo que as outras pessoas possuem 23 e 24 anos respectivamente.

Recentemente promovemos um debate na Câmara Legislativa do Distrito Federal sobre população em situação de rua. Naquela oportunidade quatro moradores de rua haviam sido assassinados, e tínhamos um cenário em que manifestações de intolerância estavam sendo reiteradamente promovidas, como a derrubada do muro do Albergue Conviver – ALBERCON em Águas Claras.

Realizamos também na Câmara Legislativa o debate sobre a violência letal que vitima nossos adolescentes e jovens. Temos atualmente um cenário em que quase 50% das mortes nesta faixa etária são resultantes de assassinatos. Este episódio de envenenamento confirma esses dados.

A cada dia que passa testemunhamos a perda de mais vidas, e a materialização e a naturalização de uma violência que produz a morte social e a morte física dos segmentos mais vulneráveis de nossa sociedade.

Urge a tomada de medidas para prevenir as violências que estão vitimando nossa população. Não podemos tolerar a perda de mais uma vida, não podemos nos esquecer de Alex e tantos outros que já não estão mais entre nós.

Continuarei empreendendo esforços para enfrentar essa situação. Este dia novamente nos convoca a reafirmar que os direitos humanos são direitos de todos.

* Arlete Sampaio é deputada distrital pelo PT-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui