MARINA SE LICENCIA DO SENADO PARA FAZER CAMPANHA

0
5
deu em o globo

Marina se licencia do Senado para fazer campanha

 

Fora da disputa, Ciro também se afasta por 30 dias da Câmara

A senadora Marina Silva (PV-AC) decidiu ontem tirar licença do mandato até o dia 17 de junho para se dedicar à campanha à Presidência. A licença será sem ônus para o Senado — a Constituição prevê que licença para assuntos particulares é sem remuneração. Ela não receberá o salário de R$ 16,5 mil nem os benefícios.

Nesse período, o Senado ficará com um senador a menos, já que o Regimento Interno prevê o afastamento do parlamentar para interesses particulares, desde que não ultrapasse 120 dias. Como a licença de Marina não será superior a quatro meses, seu suplente, Sibá Machado, não deve ser convocado. A volta da pré-candidata ao Senado está prevista para 17 de junho. A pré-candidata anunciou a decisão no seu Twitter: “Quero contar para vocês aqui em primeira mão: estou me licenciando do cargo de senadora”.

Em Curitiba, Marina criticou o comprometimento de campanha do pré-candidato José Serra (PSDB) de criar o ministério da Segurança Pública:

— É ir empilhando estruturas sem o cuidado em relação à visão e à gestão. Não é uma questão de criar mais ministérios, mas de fazer reforma da segurança pública no Brasil e a partir daí, sim, criar as estruturas.

A senadora lamentou a retirada da candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB):
— Foi feita uma operação de guerra para não permitir que o partido desse a legenda. Leia mais em O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui