Memorial JK inaugura mostra JK 111 anos – O Realizador.

0
7

 

Exposição Interativa: Brasília, a Nova Capital 

Reportagens e fotos vão contar a saga da construção da capital do Brasil

 

fb073c59d3b2dbcf2deb9fd7f86c1d19@emporio.infMaior museu privado de Brasília e um dos espaços mais bem avaliados da cidade, o Memorial JK organizou a mostra JK 111 anos – O Realizador. Exposição Interativa: Brasília, a Nova Capital, que conta a construção da capital e dos homens que realizaram a maior obra da história do País. A solenidade de inauguração está marcada para quinta-feira (12 de setembro), às 16h, e vai contar com a presença do governador do DF, Agnelo Queiroz, que fará uma homenagem a Juscelino Kubitschek.A programação também contempla o lançamento do fac símile da Revista Brasília # 40, a apresentação da Orquestra Sinfônica, sob a regência do maestro Cláudio Cohen, e uma projeção de imagens históricas sobre a inauguração da capital de todos os brasileiros.

Organizada em conjunto com o Arquivo Público do DF e a Secretaria de Cultura, a exposição contará a história do nascimento do Brasil moderno, em 1956, quando o presidente Juscelino Kubitschek apresentou o Plano de Metas, destinado a acelerar o desenvolvimento do Brasil.Com o slogan “Cinquenta anos em Cinco”, o projeto mirava cinco setores: energia; transporte; indústria de transformação; indústria de equipamentos; e a meta síntese: a construção de Brasília.

Graças ao arrojo dele e de homens como Lucio Costa (que projetou o Plano Piloto), Israel Pinheiro (primeiro presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil, a Novacap), Oscar Niemeyer (arquiteto que projetou os edifícios públicos e esculturas da nova capital), Ernesto Silva (à época diretor administrativo da Novacap), Bernardo Sayão (engenheiro ediretor da Novacap, a alma da construção da rodovia Belém-Brasília) e Affonso Heliodoro (assessor de JK e subchefe do Gabinete Civil da Presidência da República), foi possível entregar ao mundo um patrimônio chamado Brasília em tempo recorde.

Os detalhes das principais obras da nova capital, mostrados em filmes e fotos, vão permitir que os visitantes possam compreender os desafios arquitetônicos e tecnológicos enfrentados por quem concebeu e construiu Brasília, no meio do cerrado brasileiro. Catetinho, Aeroporto, Palácio do Planalto, Palácio da Alvorada, barragem do Paranoá e a Esplanada dos Ministérios são algumas das obras que a interatividade vai descortinar desde os primeiros momentos até a sua inauguração, para então chegarmos à Brasília de hoje, reafirmando o encantamento de uma época que contagiou o Brasil e o mundo.

A mostra JK 111 anos – O Realizador. Exposição Interativa: Brasília, a Nova Capital ficará à disposição dos visitantes do Memorial JK de terça a domingo, das 9h às 18h, e o visitante vai poder fazer uma viagem no tempo, lendo reportagens de jornais e revistas, assistindo vídeos e vendo fotos da época da construção de Brasília. Moderna, a exposição terá, além do material histórico, sete telas touchscreen à disposição. Nelas, até quatro pessoas poderão interagir com o material disponível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui