Mesa Diretora da CLDF quer gastar R$5,9 milhões para substituir TV Web

0
129

A Mesa Diretora da CLDF, presidida pelo deputado Rafael Prudente (foto)  resolveu gastar pra valer neste final de ano conturbado devido à crise provocada pela pandemia da Covid-19.

A Câmara Legislativa do Distrito Federal lançou em 12/11 dois editais de licitação para uma tal TV Legislativa. O valor estimado para contratação é de R$5,9 milhões!

O primeiro edital vai contratar uma empresa de engenharia, que ficará responsável por efetuar as reformas necessárias no local para implantação do estúdio. O valor inicial é de R$ 308.872,46.

O segundo edital será para compra de equipamentos com valor estimado de R$ 5.641.168,62. Ao todo serão três processos para a instalação da TV Legislativa, passando pela compra dos equipamentos, montagem do estúdio e contratação de pessoal.

O edital para contratação de pessoal ainda será lançado.

Atualmente a CLDF possui a TV Web para divulgação e transmissão ao vivo dos eventos da casa, TV essa muito mais barata e acessível pois está disponível na internet onde pode ser acessado no youtube através de aparelhos de TV, computadores, smartphone e qualquer dispositivo conectado a rede.

Atualmente a CLDF possui um contrato sob demanda que custa em média R$ 40.000,00 mensal, incluso todos os equipamentos e profissionais para operação da TV WEB.

A tecnologia da TV Web é mais acessível, mais barata e está ao alcance de todos em qualquer lugar, além de ser um sistema muito menos dispendioso do que a mais simples forma de transmissão televisiva e simples de usar.

Este tipo de legado, além de dispendioso não reflete uma necessidade urgente, sendo de conhecimento que a aquisição permanente de equipamentos tão caros vai de encontro ao principio da eficiência da utilização dos recursos públicos. Em um futuro próximo os mesmos ficarão obsoletos ou terão uma manutenção com custo elevado.

Se a CLDF utilizava este método antigo de Tv aberta, migrou para a TV WEB, com o intuito de economizar, qual justificativa agora para retornar ao já conhecido contrato de valores vultuosos?

Ainda bem que a partir de janeiro de 2021 o Distrito Federal terá novo presidente da CLDF e novos integrantes da Mesa Diretora, sem velhos vícios.

Confira o edital:

EDITAL DE PREGÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui