MORADIA “Morar Bem” convoca mais 13,6 mil famílias

0
12
Até agora, 202.588 pessoas foram chamadas para apresentar documentação e serem habilitadas a receber as moradias
DÊNIO SIMÕES/GDF

Mais 13,6 mil famílias foram chamadas, nesta quinta-feira (3), pelo programa “Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem” para comprovarem seus dados a partir de 12 de maio, e então, serem habilitadas a adquirir as moradias. Até o momento, já foram convocadas 202.588 pessoas pelo programa habitacional.
“Com essa nova chamada, estamos caminhando de forma rápida para chegar ao número de 100 mil pessoas habilitadas a receber suas casas. Hoje, temos 91 mil que já superaram todas as etapas e estão esperando apenas a chave para entrar em seus apartamentos, na medida em que fiquem prontos”, declarou o governador Agnelo Queiroz.
Segundo o secretário de Habitação, Geraldo Magela, desde 2011 foram mais de 375 mil candidatos inscritos no programa: cerca de 323 mil na Relação de Inscrições Individuais (RII) e 53 mil na Relação de Inscrições por Entidade (RIE).
“Muitas pessoas inscritas não conseguem se habilitar porque precisam comprovar que todos os dados oferecidos por elas são verdadeiros, como não ter outro imóvel e possuir a renda mínima exigida. Se algum deles não for comprovado, a pessoa não se habilita”, explicou Magela.
CONVOCAÇÃO – Dos atuais convocados, 10 mil são da Relação de Inscrições Individuais, e 3.644, da Relação de Inscrições por Entidade, do Novo Cadastro da Habitação.
As famílias convocadas da RII devem comparecer à Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), no Setor Comercial Sul, Quadra 4, das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira, obedecendo ao seguinte cronograma:

Grupos

Ordem de Classificação

Prazo

1º grupo 110.001º  ao 113.355º de 12 a 16 de maio de 2014
2° grupo 113.356º  ao 116.710º de 19 a  23 de maio de 2014
3º grupo 116.711º  ao 120.064º de 26 a 30 de maio de 2014

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já os convocados da RIE devem comparecer ao Núcleo de Atendimento da Codhab, no Setor Comercial Sul, Quadra 6, das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira, conforme o seguinte cronograma:

 

Grupos

Ordem de Classificação

Prazo

1º grupo De A a G de 12 a 16 de maio de 2014
2° grupo De H a O de 19 a 23 de maio de 2014
3º grupo De P a Z de 26 a 30 de maio de 2014

 

 

 

 

 

 

As famílias que tenham pessoas com deficiência deverão comparecer ao posto de atendimento avançado da Codhab, na Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus), e no posto de atendimento da Estação 114 Sul do Metrô, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, seguindo os mesmos cronogramas acima.

 

O não comparecimento para apresentar e comprovar dados no prazo de 45 dias implicará a desistência voluntária da família convocada, com o cancelamento da habilitação. Isso tornará o respectivo cadastro inativo.
Se habilitada, a família poderá manifestar interesse por até três empreendimentos oferecidos pela Secretaria de Habitação, nas cidades do Gama, São Sebastião (Jardins Mangueiral), Sobradinho, Samambaia, Santa Maria, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Paranoá, Itapoã e Planaltina.
EDITAIS LANÇADOS – Foram lançadas mais de 93 mil unidades habitacionais nas cidades de Samambaia, São Sebastião, Gama, Santa Maria, Sobradinho, Recanto das Emas, Paranoá, Riacho Fundo II, Itapoã e Planaltina, além de Jardins Mangueiral.
No Riacho Fundo II, estão em construção 5.904 apartamentos no Residencial Parque do Riacho – empreendimento que beneficia famílias com renda mensal de até R$ 3,1 mil e o primeiro projeto habitacional do GDF em parceria com o Banco do Brasil. No local, já foram entregues 255 moradias.
No Paranoá, são 6.240 unidades habitacionais em construção no empreendimento Paranoá Parque, o primeiro no DF destinado a famílias da faixa 1, com renda de até R$ 1,6 mil, contratado junto à Caixa Econômica Federal. Nesse empreendimento, já foram entregues 209 moradias.
Estão em obras unidades habitacionais no Mangueiral, com 8 mil residências, das quais 5.926 entregues. Em Santa Maria, estão em construção 168 apartamentos, e em Samambaia, 900.
“Quando os projetos vão ficando prontos, vamos entregando. Nossa expectativa é que todo mês, até dezembro, continuemos entregando cada vez mais unidades habitacionais”, ressaltou Agnelo Queiroz.
Os demais editais estão em fase de contratação do financiamento, seleção de empresa ou em fase de aprovação de projetos.

Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui