Moradores fecham vias contra derrubadas de invasões no Altiplano Leste

0
36

Donos de ocupação irregular de luxo protestam por conta das operações da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) para retomar a região

Thiago Soares/Correio Braziliense

Um protesto bloqueia as vias de acesso ao Jardim Botânico na manhã desta terça-feira (16/8). Moradores do condomínio Estância Quintas da Alvorada, invasão de luxo ao lado do Lago Sul,  bloquearam duas vias da DF-001. A manifestação é contra as operações de derrubada da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis). De acordo com a Polícia Militar, cerca de 500 pessoas participam do ato.

Leia mais notícias em Cidades

O bloqueio foi feito pelos moradores por volta das 7h15 da manhã. De acordo com a Polícia Militar, os manifestantes usaram paus e pneus para impedir a entrada de veículos. O primeiro acesso interditado fica em frente ao Condomínio Solar de Brasília. O segundo leva ao Altiplano Leste. Equipes do Corpo de Bombeiros também estão no local. O protesto causou lentidão no trânsito da região.

Os moradores reagem à derrubada de construções irregulares do Condomínio Quintas da Alvorada, localizado no Altiplano. O governo iniciou a operação nesta segunda-feira (15/8) no terreno, de 2.313.122 metros quadrados, que segundo a Agefis pertence à Agência de Desenvolvimento (Terracap) e vinha sendo invadido desde 2008. São mais de 200 edificações irregulares construídas irregularmente.

Cronograma

A operação está prevista para durar cerca de duas semanas. O governo destina aproximadamente 120 servidores dos órgãos envolvidos. Além da Agefis e da CEB, participam a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros Militar, a Subchefia da Ordem Pública e Social, da Casa Militar, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) e o Departamento de Trânsito (Detran).

Com informações da Agência Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui