Moradores mobilizados contra instalação do Caje em Sobradinho

0
6

A população de Sobradinho é totalmente contrária à instalação de uma unidade do Centro de Atendimento Juvenil Especializado (Caje) na cidade. Esse foi a conclusão de encontro realizado entre lideranças comunitárias de diversos áreas da região,  na manhã desta quinta-feira,  na sede da Associação comercial e Industrial (ACIT).

Durante a manhã, moradores discutiram com o deputado distrital Cristiano Araújo (PTB) os problemas  que mais afetam os moradores da região., solicitando-lhe intervenção junto ao governador Agnelo Queiroz para que as soluções sejam encontradas.“Não podemos aceitar essa idéia. O GDF tem outras opções de áreas para construir Cajes sem incomodar a tranqüilidade das pessoas”, afirmou o Clarindo Alves Santos, líder comunitário na região de Nova Colina.

Segundo o GDF, o atual Caje, localizado na 916 norte, vai fechar as portas. O governo pretende construir cinco unidades de internação restrita em cinco regiões administrativas: Sobradinho II, Santa Maria, Brazlândia, São Sebastião e Gama, como medidas para reestruturação do Sistema Socioeducativo do DF.

 

Com exceção de Sobradinho II, as obras de construção das outras sedes estão sendo licitadas. Estão previstos cerca de R$ 50 milhões em investimentos na construção das cinco unidades previstas. A

O parlamentar afirmou que vai levar a discussão ao governador Agnelo e a outros setores do GDF para informar-lhe sobre a insatisfação da população em relação à possível instalação do Caje. “O governador é um homem sensível aos apelos da população. Tenho certeza de que conseguiremos uma solução razoável para essa situação”, afirmou Cristiano aos moradores após ser recebido pelo presidente da ACIT, Jair Silveira.

Os representantes da comunidade também se queixaram de problemas como falta de segurança e a precariedade de atendimento nas unidades hospitalares. “Reconhecemos os  esforços do governo para melhorar essas situações, mas ainda há muito o que ser feito para que esses serviços se aproximem do que é minimamente necessário”, afirmou o administrador de empresas, Marcelo Nogueira, morador da Quadra 6.

No encontro, os moradores também solicitaram ao parlamentar que busque junto ao GDF obras de infraestrutura para regiões de Sobradinho II, Nova Colina e Vila Rabelo. “Na Câmara Legislativa, temos trabalhado muito para viabilizar recursos para todas esses problemas. Tenho certeza de que, junto com o GDF, logo traremos boas notícias”, explicou o deputado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui