Moradores se revoltam após Detran-DF apagar faixa de pedestres

0
77

As várias denúncias de desmandos, arrogância e ações suspeitas não derrubaram (ainda) o atual Diretor-Geral do Detran-DF, Zélio Maia, que já responde ação de improbidade administrativa e foi indiciado pela PCDF por injúria contra um ex-diretor do órgão.

Mas diante da grande polêmica envolvendo uma faixa na 215 norte, esse caso deverá selar de vez o futuro do DG no órgão.

Segundo o DFTV, a comunidade da 215, cansada de pedir ao Detran-DF para pintar uma faixa de pedestres na quadra, decidiu contratar um pintor para fazer uma pintura de faixa em 3D, inclusive de acordo com modelo que é utilizado na Europa.

Faixa colocada pela comunidade da 215 norte, após não obter resposta do Detran desde 2019

Mas o Detran agiu rapidamente e mandou simplesmente apagar a faixa de pedestres, mostrando descaso, desrespeito e ignorância. Além de apagar, não pintou uma nova faixa. O Detran não faz, e parece não se importar com as constantes críticas desde que Maia assumiu o cargo.

Enquanto isso, a população se revolta cada vez mais com os péssimos serviços prestados pelo Detran-DF, que tem uma diretoria que nada entende de trânsito, que não aceita críticas nem sugestões e ainda persegue quem denuncia.

Mesmo diante de tantas acusações, Maia ainda está no cargo, não por competência, mas porque sua esposa, Estefânia Viveiros (ex-presidente da OAB-DF)  é amiga do governador.

Enquanto Maia não sai, sua pífia gestão continua produzindo notícias negativas para o governo do MDB, sob o silêncio estarrecedor do Buriti e da CLDF. Mas o Ministério Público continua atento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui