MP deflagra nova fase da Falso Negativo e Renata D’Aguiar é investigada

0
148

O DF foi surpreendido com  quarta fase da Operação Falso Negativo foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (3/3). Promotores e policiais civis cumpriram 15 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e na Bahia. As ordens judiciais foram expedidas pela 5ª Vara Criminal de Brasília.

Provas colhidas em fases anteriores da operação revelam que o ex-secretário de Saúde do DF Francisco Araújo mantém relação de amizade com um dos empresários que operaram uma das companhias contratadas no curso da dispensa de licitação.

Trata-se de Fábio Gonçalves Campos, da Matias Machado da Silva ME. Segundo as apurações, ele atuava na empresa de forma oculta.

O Gaeco conseguiu apontar que a esposa de Fábio, outra investigada e alvo da operação desta quarta-feira (3/3), identificada como Renata Mesquita D’Aguiar, também tinha conhecimento dos fatos e se envolveu nas tratativas do marido.

Renata Aguiar é do PP e muito próxima da presidente regional do PP, Celina Leão. Renata tentou ser presidente do PP em 2018 e foi candidata a deputada distrital. Ela chegou afirmar que era muito “próxima” da família do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP.

Em 16 de junho de 2020, o governo federal nomeou mais uma pessoa ligada aos partidos do Centrão para uma diretoria do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Renata D’aguiar foi escolhida como diretora de gestão de fundos. Ela foi candidata a deputada distrital em 2018 pelo PP do Distrito Federal.

Como se vê, o PP aparece em muitos escândalos!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui