MPDFT lança projeto para prevenção ao suicídio

0
0

 Escolas públicas serão o foco da ação. Cartilha sobre o tema também foi publicada

O Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios lançou, nesta terça-feira, 28 de maio, projeto para enfrentamento e prevenção ao suicídio. A iniciativa tem como objetivo identificar, sensibilizar e orientar pessoas em situação de risco em escolas públicas, unidades de saúde, de atendimento social e segurança pública. O MPDFT publicou, ainda, uma cartilha sobre o tema. A publicação aborda, entre outros pontos, os fatores de proteção e de risco ao suicídio, os mitos e verdades que envolvem o assunto, além de canais de informação e ajuda.

O “Falando sobre a vida: prevenção ao suicídio” terá início na promotoria de Justiça de Brazlândia, idealizadora da proposta, mas deve ser expandido para outras regiões do Distrito Federal. Em parceria com a Rede Social de Brazlândia, serão promovidos encontros, oficinas e outras atividades para a promoção da cidadania de crianças, adolescentes e jovens assistidos em escolas, centros comunitários e organizações não governamentais. A Rede é um espaço de encontro entre representantes governamentais e não governamentais e a comunidade local e tem a finalidade de solucionar os problemas da região.190528 falando prevencao suicidio0038

A iniciativa prevê também atuação em âmbito interno no MPDFT. Serão realizadas rodas de conversas com os integrantes da instituição. A proposta é o debate sobre o cotidiano do trabalho e suas consequências na saúde mental. Nesta mesma linha, a Assessoria Especial de Promoção da Saúde e de Qualidade de Vida da casa estará atenta para atendimento àqueles que estejam precisando de ajuda.

As primeiras ações do projeto já começam nesta quinta-feira, dia 30 de maio. Durante dois dias, servidores do MP, profissionais da educação, da saúde, da segurança e do serviço social, além de conselheiros tutelares, participarão de capacitação sobre o tema. Os cursos serão realizados pela Secretaria de Educação Corporativa do MPDFT e ministrados na Regional de Ensino de Brazlândia.

190528 falando prevencao suicidio0050A portaria de lançamento do projeto foi assinada pela procuradora-geral de Justiça do Distrito Federal, Fabiana Costa. Durante solenidade, ela destacou que o suicídio ainda é um tema negligenciado. “Há um silêncio em torno do assunto, o que não facilita o enfrentamento e a prevenção a este problema. Dar visibilidade ao tema, discuti-lo de forma franca e aberta é um dos primeiros passos para a mitigação de seus danos. E é exatamente a isso que se propõe o projeto e a cartilha que hoje lançamos!”, disse.

O coordenador das promotorias de Justiça de Brazlândia, Higo Noboro, explicou que o projeto surgiu de uma demanda da própria rede de atenção à população da região, que identificou o crescimento de casos e de comportamentos suicidas na área urbana e na zona rural da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui