MPM INVESTIGA GASTOS COM VIAGEM DE POLICIAIS

10
7

MPM investiga gastos com viagens de policiais

Ao mesmo tempo em que a Secretaria de Segurança Pública se preocupa em aumentar o efetivo de policiais militares e reforçar o policiamento em pontos sensíveis à criminalidade no Distrito Federal, grupos de policiais viajam para diversas partes do mundo para participar de cursos considerados desnecessários pelo Ministério Público Militar. Saltos de paraquedas nos Estados Unidos com o objetivo de quebra de recorde latino-americano e pedido de viagem à Europa para especialização em logística portuária e ferroviária são alguns dos fatos que serão apurados pela Promotoria Militar do MP.

Entre os dias 14 e 23 de abril último, três oficiais e um soldado viajaram para a cidade de Eloy, no estado do Arizona (EUA), onde participaram da tentativa de quebra de recorde de maior formação em queda livre. De acordo com a planilha de custos da corporação, a participação no evento custou US$ 10,7 mil (R$ 19,04 mil) para cada um dos integrantes do grupo. As passagens aéreas Brasília/Phoenix para os quatro militares saiu por R$ 13,2 mil. Ainda consta na planilha a previsão de despesas com diárias para o grupo no valor de R$ 25,2 mil. O custo final da viagem foi de R$ 57,5 mil.

Informações do Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui