Na Hora é inaugurado no Shopping Popular de Ceilândia

    0
    10


    Unidade proporcionará mais conforto à população e movimentará a economia local. Além da inauguração, foram entregues termos de concessão e alvarás de funcionamento a 694 feirantes

    A população de Ceilândia comemorou, nesta quarta-feira, a inauguração do Na Hora no Shopping Popular da cidade. O local, que fica no segundo pavimento, funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, e aos sábados de 7h30 as 12h30. São oferecidos serviços de 26 órgãos do governo, como Detran, Caesb, CEB, INSS e Procon. A obra teve investimento de R$ 2 milhões.

    O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, e do vice-governador, Tadeu Filippelli, participou do evento, que começou com a apresentação de uma dupla de repentistas da Casa do Cantador. “Nosso objetivo é melhorar o atendimento para a população e para a economia local. O cidadão poderá resolver seus problemas perto de casa e os feirantes terão mais clientes”, destacou.

    A unidade contará com cerca de 300 servidores, que atenderão uma média de 3 mil pessoas por dia. Além da economia com o uso de um prédio público – o Na Hora ocupava um espaço alugado desde 2006 –, a mudança proporcionará mais conforto à população. “Eliminamos o gasto mensal de R$ 50 mil com aluguel e ampliamos o atendimento, com a inclusão de novos órgãos, como o DFTrans”, afirmou o secretário de Justiça, Alírio Neto.

    O novo Na Hora ocupa uma área de 1.511m² e vai aquecer o comércio do Shopping Popular, já que aumentará o fluxo de pessoas no local. Para Tadeu Filippelli, a iniciativa significa mais valorização para os trabalhadores. “Os feirantes representam uma riqueza para o Distrito Federal. Agora eles terão mais condições  de sustentarem suas famílias”, ressaltou o vice-governador.

    Legalidade – Durante a inauguração, foram entregues alvarás de funcionamento e termos de concessão a 694 feirantes do Shopping Popular. “Com os documentos legais em mãos, eles poderão trabalhar com tranquilidade, investir no próprio negócio e gerar empregos”, enfatizou Agnelo Queiroz. “Dessa forma, também estamos combatendo problemas sociais”, completou.

    Uma das beneficiadas foi Maria Aparecida de Sousa, dona de um restaurante no local há seis anos. “Estou muito feliz em conseguir o documento”, comemorou. Para Maria, a instalação do Na Hora vai melhorar as vendas e facilitar a vida de todos. “As pessoas virão resolver os problemas e aproveitarão para conhecer o shopping. E eu, que antes deixava de fazer minhas coisas por não ter tempo para me deslocar, agora vou resolver tudo aqui do lado”, avaliou.

    Eficiência – A ordem de serviço para a construção e ampliação do Na Hora no Shopping Popular de Ceilândia foi assinada pelo governador em maio deste ano. O serviço, que dá mais agilidade ao atendimento de demandas de órgãos públicos, funciona em seis unidades: Rodoviária do Plano Piloto, Ceilândia, Gama, Sobradinho, Taguatinga e Riacho Fundo.

    Por ano, são atendidas cerca de 1,8 milhão de pessoas. Entre os serviços oferecidos estão 2ª via de água e luz, emissão de nada consta e de documentos como carteira de identidade e passaporte, atendimento ao consumidor, consulta ao FGTS, perícia previdenciária, multas de trânsito, consulta de processos e alvarás de funcionamento. De acordo com a Secretaria de Justiça, a aprovação do serviço, hoje, é de 94%.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui