Nanico, não mais!

0
11

 

Tem trabalhado muito o PHS para cumprir a missão de fugir do grupo dos partidos considerados “nanicos”. Com sete deputados federais, a sigla atingiu percentuais invejáveis para os ainda considerados “grandes partidos”: foi o partido que mais cresceu, proporcionalmente, em número de votos (60%). Na disputa para prefeito, saiu de 315 mil votos para 945 mil (200%). Em 2012, foram 16
eleitos e, neste ano, 36 no 1º turno, o que representa um salto de 125%.

Ainda pode vir mais

Confiantes em mais uma vitória que dará ainda mais projeção ao partido, os solidaristas apostam todas as fichas em Alexandre Kalil, que disputa com João Leite (PSDB) a prefeitura de Belo Horizonte em segundo turno.

 

 

Fonte  Do Alto da Torre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui