Não faltam recursos para pagamento das horas extras, afirma secretário de Fazenda do DF

0
11

 

Mas fala agilidade de processos por parte da Secretaria de Saúde

Por Kleber Karpov

O Secretario de Estado de Fazenda do DF (Sefaz-DF), João Antônio Fleury Teixeira, afirmou, que a culpa dos atrasos de pagamento das Horas Extras dos servidores da Saúde do DF é da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF).

A declaração ocorreu durante a Audiência Pública que discutiu o realinhamento Orçamentário da Lei de Orçamentária Anual (LOA) de 2016, na noite de quinta-feira (10/Mar), realizada na Câmara Legislativa do DF (CLDF) sob a presidência da deputada Celina Leão (PPS), presidente da Casa.

“Nós gostaríamos de destacar e aí é uma questão operacional, no que diz respeito as horas extras, nós pagamos as horas extras de setembro e não pagamos as de outubro, novembro e dezembro, por uma questão operacional de processamento dentro da área de Saúde.”

Segundo Teixeira a SES-DF demora em média 90 dias para fazer chegar ao Tesouro, os valores a serem pagos: “Não me pergunte o porquê, mas é algo que precisa ser solucionado.”, alertou ao secretário de Saúde, Humberto Fonseca.

Ainda segundo o secretário da Fazenda, em relação às horas extras mencionadas: “Então o problema não é porque não tem recurso para pagar as horas extras, nesse caso em particular. Porque na verdade elas não chegam lá na minha área no Tesouro para serem pagas. Se elas chegarem serão pagas dentro do fluxo normal do mês porque todo mês eu tenho uma previsão para pagar horas extras da Saúde, da Educação e de outras secretarias.”, concluiu.

Em atraso desde outubro de 2014, Fonseca falou que as horas extras de outubro foram processadas, mas não deu previsão de data de pagamento.

 

 

 

Fonte: Política Distrital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui