NEM O CORONAVÍRUS É AMEAÇA PARA O PRESIDENTE DA ANDIFES , REITOR DA UFBA E RESPONSÁVEL POR INDICAR O GESTOR DO HUPES/EBSERH

0
173
O Hospital Universitário Prof Edgard Santos (HUPES), da Universidade Federal da Bahia, instituição berço do ensino em saúde na Bahia, atualmente sob gestão da EBSERH, empresa pública contratada pela Reitoria da UFBA amarga com o descaso e a inércia daqueles que deveriam salvar vidas e promover ensino e assistência de qualidade .
O HUPES não integra e Rede de Referência da COVID 19 na Bahia e por falta de gestão competente e articulação  com demais entes federativos, se transformou em verdadeira ameaça a usuários, funcionários e pacientes lá assistidos.
Voltamos a perguntar: quantos mortos necessitaremos contabilizar para que se adotem providências sanitárias e de gestão no HUPES?
O blog segue recebendo denúncias de funcionários contaminados, falta de EPIs e de estrutura para atendimentos em frente à pandemia vigente .
Na semana passada , a Covid ceifou a vida de uma criança de apenas 2 anos , internada há 5 meses aos cuidados do HUPES , mas não é com o Hospital das Maravilhas, nem com o Reitor , nem com a EBSERH. Talvez seja com o Oráculo de Delfos, com a deputada Alice Portugal ou algum Pai de Santo da Bahia.
O certo é que ALGUÉM precisa responder, não de forma protocolar , mas com ações efetivas e resultados que demonstrem a responsabilidade dos gestores frente à tamanha
catástrofe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui