No aniversário de Sobradinho, alunos do CEF 3 terão oficina de educação ambiental

0
23

semeandoCerrado

Nesta terça-feira (13), dia do aniversário de Sobradinho, o Projeto Semeando o Bioma Cerrado homenageia a cidade de 54 anos com uma ação focada na recuperação da água do córrego do Ribeirão a partir da sensibilização de estudantes do ensino fundamental sobre o ambiente em que vivem

Brasília, 12/5/2014 – Ecoatletismo, jogos, pinturas e uma programação de atividades lúdicas, mas executadas com metodologia educacional focada especialmente na recuperação do córrego do Ribeirão como ambiente de vida do bioma Cerrado. Esta é a forma do Projeto Semeando o Bioma Cerrado homenagear os 54 anos de fundação da cidade-satélite de Sobradinho (DF) no próximo dia 13 de maio (terça-feira), a partir das 8 horas.

O programa será desenvolvido para cem alunos o Centro de Ensino Fundamental 3 (CEF 3) no dia do aniversário da cidade fundada com Brasília, em 1960, Os estudantes, entre 12 e 13 anos de idade, receberão informações, orientações e participarão das atividades na Casa de Ribeirão, por onde passa o córrego.

Carta da Terra – De acordo com a presidente da Associação dos Amigos da Floresta (AAF), Mery Lucy Souza, parceira do Projeto, a programação elaborada de forma a honrar a Carta da Terra, que orienta o indivíduo a conhecer o lugar onde vive, tem o objetivo de sensibilizar os participantes, trabalhando a essência do ser humano na sua relação com o ambiente. Enquandra-se neste propósito o ecoatletismo, explica Mery ao descrever a prática como uma transversalidade da educação ambiental na medida em que leva à percepção do corpo e do ambiente associado à aula de educação física.

Qualidade insatisfatória – O córrego do Ribeirão de Sobradinho é descrito como um pequeno curso de água cuja bacia ocupa 144 quilômetros quadrados. Em 2011, alunos da pós Graduação em Saúde Coletiva e Ciências da Saúde da UnB realizaram uma análise sobre a qualidade da água do Ribeirão de Sobradinho e concluíram que é insatisfatória e impacta a vida dos moradores. A exposição a um ambiente de poluição e risco de doenças impede, por exemplo, que os moradores da região o utilizem para o lazer.

Este conhecimento e a percepção da realidade sobre o lugar em que vivemos é fundamental para a preservação e recuperação de áreas degradadas, na concepção de Rozalvo Andrigueto, coordenador do Projeto Semeando o Bioma Cerrado, patrocinado pela Petrobras. Ele explica que o Projeto é da Rede de Sementes do Cerrado e propõe-se a desenvolver, nos próximos dois anos, extensa programação de educação ambiental como forma de promover o desenvolvimento sustentável do bioma considerado o segundo em extensão e diversidade no Brasil.

Cerrado brasileiro – O Cerrado brasileiro é o segundo maior bioma do País com uma área de cerca de dois milhões de quilômetros quadrados (quase 205 mil campos de futebol) que envolve 11 estados da federação desde a região Norte até o estado do Paraná, na região Sul. O Cerrado também tem sua riqueza medida no fato de fazer fronteira com biomas da Amazônia, Mata Atlântica, Pantanal e Caatinga, o que lhe rende uma biodiversidade muito grande.
Mas o segundo maior bioma do Brasil corre o risco de ficar restrito às unidades de conservação, terras indígenas e áreas impróprias à agricultura até 2030, se o ritmo atual de degradação continuar. Restam cerca de 50% dos dois milhões de quilômetros quadrados originais deste bioma onde pouco mais de 2,2% está protegido em unidades de conservação

SERVIÇO
Data: 13 de maio de 2014 (terça-feira)
Horário: a partir das 8h
Local: Casa do Ribeirão
Endereço: Quadra 9 – Área Especial 6 – Antigo Viveiro da Administração Regional
Telefone: 61 3387 1102

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui