No DF, liga dos Blocos Tradicionais divulga nota

0
43

 

Liga dos Blocos Tradicionais de Brasília se solidariza com as famílias das vítimas do pré-carnaval

 

 

O pré-carnaval de Brasília começou de forma trágica na noite do último sábado (08/02). O bloco carnavalesco “ Quem chupou vai chupar mais” foi marcado por brigas e muita confusão na área externa do Museu Nacional da República. O jovem Matheus Barbosa ,18 anos, foi morto e cerca de 12 pessoas feridas foram encaminhadas ao Instituto Hospital de Base.

 

Em meio a tantos relatos de violência, o presidente da Liga dos Blocos Tradicionais de Brasília, Paulo Henrique de Oliveira, se solidarizou com as famílias das vítimas. “ Não podemos tolerar que cenas como a do último sábado se torne comum no carnaval brasiliense. Nós da Liga manifestamos nossos sentimentos à família do jovem morto e a todos os outros que foram feridos neste triste episódio”, desabafou.

 

Oliveira contou ainda que esteve reunido com representantes da Secretaria de Segurança para tratar sobre o assunto. “ Garantiram que a segurança será reforçada e que os trajetos dos blocos não sofrerão alterações ”.

 

A Liga também solicita uma reunião em caráter de urgência com o governador Ibaneis Rocha para tratar de assuntos pertinentes a segurança dos foliões que optaram por passar o carnaval na capital federal. Vale ressaltar que na semana passada a instituição convocou uma coletiva de imprensa a fim de cobrar um posicionamento sobre a falta de confirmação nos desfiles do carnaval de rua deste ano. Sem nenhuma resposta até o momento, o assunto também será abordado no encontro que pleiteiam com o governador do Distrito Federal.

 

Mais informações:

Paulo Henrique (Presidente da Liga dos Blocos Tradicionais de Brasília)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui