NOTA DE ESCLARECIMENTO

0
57

A Secretaria de Estado de Saúde vem esclarecer, frente aos últimos acontecimentos relacionados à segurança dos equipamentos públicos de saúde, que todas as unidades básicas de saúde e hospitais possuem segurança privada contratada para garantir a integridade física de usuários e funcionários, bem como do patrimônio público, nos três turnos de funcionamento.

Informa ainda que a Polícia Civil do DF está em procedimento investigativo dos fatos ocorridos no Gama e na Estrutural, bem como que a Polícia Militar foi acionada para reforçar a segurança nas áreas próximas aos estabelecimentos que funcionam durante a noite. Cabe esclarecer que a PMDF deteve o autor do crime de roubo ocorrido no estacionamento do Hospital Regional do Gama, no domingo (3). Todos os pertences foram restituídos, inclusive o veículo da vítima, que havia sido roubado. A atuação demonstra, à população, eficiência no trabalho de segurança pública e a presença de policiamento nas adjacências do hospital.

A abertura das unidades básicas em horário ampliado é um projeto do Ministério da Saúde (Saúde Toda Hora) que foi abraçado pelo Governo do Distrito Federal, com o objetivo de garantir assistência àquelas pessoas que não podem acionar as unidades durante o horário comercial.

No período estendido, as unidades não mudam de perfil assistencial e não fazem atendimento de urgência. São ofertadas consultas com médicos da família e enfermeiros, consultas odontológicas, vacinas, curativos e entrega de medicamento, além de reuniões de grupos assistenciais. O cidadão deve procurar saber qual a oferta da unidade de sua região administrativa.

A Secretaria de Saúde lamenta o ocorrido e ressalta que, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública, seguirá envidando esforços para reforço da segurança nas áreas onde estão instalados hospitais e unidades básicas com horário ampliado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui