O caminho para o Judiciário

0
26

O caminho que pode levar a Odebrecht a explicar suas relações com o Judiciário está exposto num relatório produzido por um escritório contratado pela Braskem, diz a Crusoé.

Anexado ao inquérito da Carbonara Chimica, o documento reúne e-mails e contratos relacionados ao repasse de 78 milhões de reais da petroquímica para o escritório Nilton Serson Advogados Associados – todas as contratações foram autorizadas por Maurício Ferro.

Os senadores que assinaram o pedido de CPI da Lava Toga devem ler a reportagem completa aqui.

Fonte: O Antagonista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui