O inusitado esquema de “rachadinha” do PSOL e os “desvios” da cota parlamentar (veja o vídeo)

0
175

Os parlamentares têm acesso à infame cota parlamentar, que eles utilizam para, basicamente, fazer propaganda das próprias atividades políticas em Brasília.

Acontece que, no caso da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP), muitos profissionais relacionados à comunicação da parlamentar, também são integrantes do partido dela e recebem “fortunas” para isso.

O questionamento que se faz é: os valores pagos a essas empresas e “comunicadores” ficam, de fato, com eles ou voltam em parte ou totalidade para o partido? Se comprovado, caracterizaria um esquema de fachada para financiar a legenda com dinheiro público.

 

Fonte: jornaldacidadeonline.com.br

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui