Oncologia do Hospital de Base: mais de 140 exames em um dia

0
18
Brasilia(DF), 04/01/2019 Hospital de Base. Local: Plano Piloto Foto: Julia Bandeira /Metrópoles

Na quimioterapia, são feitas aproximadamente 45 sessões diariamente. Já na radioterapia, 50 pacientes são tratados por mês

AGÊNCIA BRASÍLIA *

Os pacientes que tiveram acesso à primeira consulta com oncologista, durante a força-tarefa do Hospital de Base, no sábado (11), realizaram 148 exames de imediato no dia. Foram 102 tomografias e uma mamografia. No laboratório, foram 45 exames realizados, fora 10 agendamentos. Não houve indicação de ecografias e raio-X. Na ocasião, as máquinas e os profissionais trabalharam especialmente para atender os 120 pacientes consultados por uma equipe de 15 médicos especialista, sendo três voluntários.

“O mutirão, além de oferecer o atendimento oncológico, contou com serviços multidisciplinares e realização dos exames mais urgentes, como tomografia e exames de laboratório, possibilitando avaliar o estágio da doença, definir a melhor terapia e, assim, agilizar o início do tratamento com quimioterapia e/ou radioterapia”, ressaltou o diretor clínico do Hospital de Base, Antônio Bonaparte.

Os pacientes convocados estavam na fila da central de regulação da Secretaria de Saúde há meses. Eles foram orientados, participaram de palestras e receberam material informativo de fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, farmacêuticos, assistentes sociais, nutricionistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

“Sabemos da longa batalha dos pacientes com câncer. Nosso trabalho aqui é acelerar o tratamento. Em um único dia, atendemos um número maior de pacientes do que normalmente é feito em um mês. Nossa média de oferta mensal é de 110 consultas de primeira vez, no sábado, foram 120”, ressaltou o chefe da Oncologia, Allan Pereira.

“Essa é uma iniciativa muito boa. Gosto muito do atendimento daqui. Espero que o hospital continue realizando essas ações, porque muitas pessoas estão aguardando, assim como eu estava, e graças a Deus eu fui chamada”, elogiou a paciente Isabel Lacerda, 36 anos, moradora da Ceilândia, atendida no dia do mutirão.

Dados

Em média, o HB oferta 110 vagas para primeira consulta oncológicas mensalmente. Neste mês, serão 215. No total, o Base conta com 32 oncologistas, bem como uma enfermaria grande que interna até 35 pacientes. Na quimioterapia, são feitas aproximadamente 45 sessões diariamente. Já na radioterapia, 50 pacientes são tratados por mês.

* Com informações do Iges/DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui