MAIS
    HomeDistrito FederalÔnibus do Hemocentro fará até 100 coletas por dia nas cidades do...

    Ônibus do Hemocentro fará até 100 coletas por dia nas cidades do DF 

    Com o objetivo de chegar onde a população está e de atendê-la da melhor forma, a Fundação Hemocentro de Brasília (FHB) passa a contar com um ônibus para missões itinerantes. O veículo fará a coleta de sangue nas cidades, ampliando o serviço que salva vidas.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem como meta mínima de 3% da população ser doadora de sangue. O DF está abaixo desse percentual, com 1,8%

    O lançamento da ação ocorreu na manhã desta quarta-feira (8), no Palácio do Buriti. A governadora em exercício Celina Leão fez um apelo às pessoas ppara que colaborem: “Hoje o DF cumpre a legislação e leva a doação de sangue de forma itinerante às cidades. Pedimos à população que faça esse ato de amor, que salva vidas, e nos ajude a chegar à meta de doação”.

    No dia 16, a unidade estará no estacionamento do JK Shopping, em Taguatinga, com uma ação preventiva a um eventual aumento na demanda por sangue durante o período do Carnaval | Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

    Foram investidos R$ 2,4 milhões no ônibus, que permitirá até 100 coletas por dia. Com uma tecnologia inovadora, o veículo poderá armazenar em temperatura adequada as bolsas de sangue coletadas no dia, para processamento de até quatro diferentes hemocomponentes, assim como ocorre nas doações realizadas na sede da instituição, no Plano Piloto. Cada doação pode salvar até quatro vidas.

    No ano passado, a fundação fez uma média de 4,6 mil coletas por mês. A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem como meta mínima de 3% da população ser doadora de sangue. O DF está abaixo desse percentual, com 1,8%.

    “Pedimos à população que faça esse ato de amor, que salva vidas, e nos ajude a chegar na meta de doação”, disse a governadora em exercício, Celina Leão | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

    O ônibus vai ajudar a capital a aumentar esse número, conforme explica o presidente do Hemocentro, Osnei Okumoto. “O Sistema Único de Saúde [SUS] tem que dar acesso para que eles possam ser atendidos, e com a doação de sangue não é diferente. O ônibus vai se dirigir às regiões administrativas e mostrar toda a sua estrutura e importância de doar sangue. As cidades mais distantes do Plano Piloto, onde está localizado o Hemocentro, vão poder receber o ônibus para atendermos esses doadores”, explica.

    Para doar sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 51 kg e estar saudável

    Para saber se o ônibus vai passar pela sua cidade, basta consultar o site e as redes sociais do Hemocentro. No dia 16, a unidade estará no estacionamento do JK Shopping, em Taguatinga, com uma ação preventiva a um eventual aumento na demanda por sangue durante o período do Carnaval.

    Os doadores podem realizar o agendamento para a unidade móvel pelo site Agenda DF. Ao fazer login na plataforma, basta selecionar a opção “Unidade Móvel” e escolher o melhor horário para a doação. A doação de sangue é um processo que leva até 90 minutos, desde o cadastro até o lanche pós-coleta.

    “Se habilitem a doar sangue. Com o ônibus estaremos nas cidades fazendo uma busca ativa, aumentando esse número de doadores”, pediu a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

    A Fundação Hemocentro é responsável por abastecer toda a rede de saúde pública do DF, além de instituições conveniadas, como o Hospital da Criança, o Instituto de Cardiologia do DF e o Hospital das Forças Armadas.

    Além do ônibus, o GDF tem investido em recursos humanos para o Hemocentro. Entre 2019 e 2022, foram 271 profissionais contratados.

    Doe sangue

    Para doar sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 51 kg e estar saudável. A quem passou por cirurgia, exame endoscópico ou adoeceu recentemente, a recomendação é consultar o site do Hemocentro para saber se está apto a doar sangue.

    Quem teve gripe deve aguardar 15 dias após o desaparecimento dos sintomas para poder doar. Quem teve covid-19 deve aguardar dez dias após o fim dos sintomas, desde que não haja sequelas. Se assintomático, o prazo é contado da data de coleta do exame. Já quem teve contato com pessoa diagnosticada ou com suspeita de covid-19 nos últimos sete dias fica impedido de doar sangue por sete dias após o último encontro com a pessoa.

    The post Ônibus do Hemocentro fará até 100 coletas por dia nas cidades do DF  appeared first on Agência Brasília.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img