Operação Faroeste: STJ julga se denuncia magistrados por venda de sentenças

0
29

Julgamento, em sessão virtual da Corte Especial do Tribunal, começa às 9h desta quarta-feira, com transmissão pelo Youtube

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decide, na manhã desta quarta-feira (06/05), se acolhe denúncia contra quatro desembargadores e três juízes suspeitos de vender decisões judiciais ao grupo de Adailton Maturino, que, segundo a polícia, se fazia passar por cônsul da Guiné Bissau.

É mais uma etapa da Operação Faroeste e o julgamento, em sessão virtual, começa às 9h, com transmissão pelo Youtube. Esta é a primeira vez que o STJ aprecia, de uma única vez, denúncia contra um número tão expressivo de magistrados suspeitos de envolvimento com organização criminosa e corrupção.

Maturino é acusado de usar o nome do borracheiro José Valter Dias para tentar se apropriar de 366 hectares de terras no oeste da Bahia. A área corresponde a um décimo do território da Guiné Bissau.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui