OPERAÇÃO PANDORA DETONA CRISE NO GOVERNO ARRUDA

0
3

A Polícia Federal recolheu documentos e computadores dos gabinetes dos deputados Leonardo Prudente, Eurides Brito, Rogério Ulysses e o suplente de deputado Pedro do Ovo. Além desses, há outros investigados: O chefe de gabinete de Arruda, Fábio Simão, o secretário de relações Institucionais, Durval Barbosa, o secretário de Educação José Valente, o assessor de imprensa do GDF, Omésio Pontes. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na residência do governador Arruda, na sede do Governo e no Tribunal de Contas do DF. A PF investiga fraudes em licitações e lavagem de dinheiro. O nome da operação é “Caixa de Pandora”. O governo Arruda cairá a qualquer momento. A situação era conhecida por muitos, mas não contavam com as investigações da Polícia Federal, nem com uma testemunha que fez a delação premiada. Paulo Octávio prepara para assumir o GDF. A renúncia (mais uma) de Arruda é esperada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui