Osésa Rodrigues e o PLC: “Queremos estar ao lado da justiça e da verdade”

0
11

O pastor Osésa Rodrigues trabalha incessantemente para registrar um partido de fato pautado nos ensinamentos de Cristo. Ele fundou e preside o Partido Liberal Cristão, que está próximo de obter o registro definitivo no TSE. Ele concedeu entrevista a revista Ideal Cristão. Acompanhe:

Ideal Cristão- como surgiu a idéia de criar um partido evangélico?

Osésa Rodrigues- Surgiu por vários motivos. Primeiro lugar, em época de eleições, os partidos políticos e seus candidatos procuram os pastores com várias promessas. Apresentamos os candidatos em nossas igrejas, despojam nossos votos e quando procuramos não fazem nada. Em segundo lugar, entendemos que quem decide os rumos políticos, conforme o sistema do governo são os partidos, pois quando o executivo federal quer aprovar suas leis, ele precisa do apoio dos partidos de sua base, aplicado em todas as instancias. Em terceiro lugar, somos como um cavalo, temos  muita força, mas estamos sendo dirigidos por um governo que permite seguimentos menos expressivos se impor. E por fim, segundo o STF,  ficou reconhecido definitivamente que o mandato parlamentar pertence ao partido.

Ideal cristão- Qual a visão e nome do partido?

Osésa Rodrigues- PLC (Partido Liberal Cristão), e nossa visão é criar um partido que possa eleger homens justos, que criam leis justas, pois ainda cremos que podemos dar nossa contribuição para um Brasil melhor.

Ideal cristão- Em que estágio está o partido?

Osésa Rodrigues- O partido está organizado em 24 estados da federação trabalhando na coleta de assinaturas para atender a  legislação vigente.

Ideal cristão- O partido já tem colhido frutos com a iniciativa?

Osésa Rodrigues- Sim, por onde temos passado, o que ouvimos é que isto é resposta de oração, obviamente por aqueles que carregam o peso da oração pela nação. O fruto que temos hoje é  que já existem líderes de 24 estados de várias denominações nos apoiando na coleta de assinaturas e comprometidos com a criação de nova sigla.

Ideal cristão- O senhor acredita que crente tem que votar em crente?

Osésa Rodrigues- Sim eu acredito, Pois há mais esperança naquele que teme a DEUS. É bem verdade que nossos parlamentares Têm deixado muito a desejar, mas a Igreja sabe dar a resposta àqueles que estão representando mal o povo de Deus. Não podemos desistir porque alguns erram, precisamos preparar e escolher melhor nossos representantes.

Ideal cristão- Existe dentro das Igrejas a ideia de que cristão tem de ser de direita e não de esquerda, você compartilha dessa visão?

Osésa Rodrigues- Não necessariamente. Os próprios cristãos que hoje atuam na política, pertencem aos mais variados partidos, sejam de direita, esquerda e os que dizem de centro. No cenário internacional, você consegue enxergar em vários países que a esquerda assume o poder e tudo vai se adaptando. Agora, uma coisa é certa, nós queremos estar ao lado da justiça e da verdade, seja ela direita ou esquerda.

Ideal cristão- A seu ver, porque muitos pastores são  avessos à relação entre  a igreja e  política?

Osésa Rodrigues- Infelizmente o histórico de nossos parlamentares de forma geral não contribui. Porém, muitos pastores têm uma ideia errada, pois não são todos que cometem erros, mas como a mídia é muito manipuladora, ela eleva ou derruba quem quer. Mas não podemos nos omitir, pois é covardia e seremos governados por quem não crê em princípios éticos- cristãos, aqui vale ressaltar o pastor Martin Luther King: “O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons”.

Ideal cristão- Muitos dizem que os políticos cristãos, ao entrar na política, têm de entrar no “jogo”. Isso é uma realidade?

Osésa Rodrigues- Quando se fala de política não podemos ser hipócritas, nós entendemos que realmente é uma arte e você tem que sentar para negociar e decidir rumos, às vezes terá que ver menos mal. Porém temos algo definido: os nossos princípios  são inegociáveis.

Ideal cristão- Muitos políticos dizem que os  pastores é quem se corrompem primeiro, o senhor acredita nisso?

Osésa Rodrigues- Em parte acredito. É importante  enfatizar que se fala muito na corrupção dos políticos, mas quando um cidadão, independente de sua religião, condição social e cultural, troca o voto por qualquer coisa, inicia o processo de corrupção. Quem troca o voto vende sua consciência.

Ideal cristão- Como a Igreja pode combater iniciativas legais como PL 122, aborto e legalização da maconha?

Osésa Rodrigues- De várias formas. A princípio queremos que os cristãos conheçam as propostas do partido por meio da ficha de assinatura e assine-a como forma de apoio á criação do PLC, pois seremos defensores implacáveis de nossos valores, depois disso basta votar em nossos representantes.

 

Fonte: Revista Ideal cristão

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui