Painel do Diesel: Rio Branco apresenta crescimento de 2,4% no valor do diesel comum e é a capital com o combustível mais caro no Brasil

Dados são do Instituto Paulista do Transporte de Cargas e trazem resultados da semana de 04/02/2024 a 10/02/2024

 

O diesel possui grande parcela nos custos operacionais das atividades de transporte ao redor do Brasil e segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), as transportadoras gastam, em média, 35% de seu faturamento com o abastecimento de seus veículos. Ao longo dos últimos anos, o combustível fóssil tem sofrido diversas variações que impactam diretamente não só a estrutura das empresas de transporte, mas toda a economia.

 

Para auxiliar as transportadoras e a sociedade, o Instituto Paulista do Transporte de Cargas (IPTC), realiza estudos e análises semanais do preço do diesel. Conforme análise comparativa da semana 28/01/2024 a 03/02/2024 com a semana 04/02/2024 a 10/02/2024, foram identificados alguns indicadores relevantes

 

Brasília apresentou um aumento no preço do diesel comum em 2,96%, ficando com valor atual de R$5,91 e apresentou um aumento no preço do diesel S10 em 2,58%, com valor atual de R$5,97. Em Cuiabá, o diesel S10 teve um aumento de 5,38%, fechando em R$6,07, e aumentou o valor do diesel comum em 4,53%, ficando com valor de R$6,0. Já em Maceió, o preço do diesel comum aumentou em 5,27%, fechando em R$5,99. Em Manaus, o aumento no preço do diesel comum também esteve presente; com aumento em 2,31%, com valor atual de R$6,19 e o diesel S10 em 3,28%, com valor atual de R$6,30. São Luís, apresentou também apresentou um aumento no valor do diesel comum em 3,59%, com valor atual de R$5,48 e no diesel S10, houve um aumento de 2,78%, fechando com valor atual de R$5,54. Por fim, São Paulo não apresentou nenhuma mudança significativa.

 

Analisando individualmente, a capital brasileira com diesel mais caro é Rio Branco, com os seguintes valores: Diesel S10 em R$7,18 e o comum em R$7,12. São Luís, apresentou o combustível mais barato, com o S10 custando R$5,54, e o diesel comum em R$5,48.

 

Segundo Ricardo Henrique, analista de dados do IPTC, a tendência de constantes variações se mantém desde o início de 2024. “Esta semana, registramos um aumento significativo nos valores tanto do diesel S10 quanto do diesel comum, impulsionado pelo recente reajuste do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS. Esse aumento reflete uma mudança substancial no cenário de preços dos combustíveis, destacando a importância de acompanhar de perto seu comportamento. É crucial reconhecer que o mercado de combustíveis está passando por alterações com certa frequência, tornando essencial uma vigilância atenta das flutuações.”

 

__________

 

Sobre o IPTC – O Instituto Paulista do Transporte de Cargas (IPTC), realiza estudos e análises voltadas para o transporte rodoviário de cargas em todo o país, com ferramentas que auxiliam colaboradores e contratantes do segmento. Além disso, faz a captação de dados para apresentar a evolução do setor em uma perspectiva geral, com embasamento técnico. Torna-se uma importante fonte para conhecer e aprimorar os serviços do TRC em suas diversas vertentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui