PANDORA AMPLIADA

0
11

Quem acompanhou ontem depoimentos do denunciante Durval Barbosa e do seu companheiro de investigação Edson Sombra viu nas suas falas situações já contempladas neste BLOG.

O escândalo iniciado com a Operação Caixa de Pandora só está começando e vai complicar a vida de muita gente. Uns e outros, que estão claramente cerceando os trabalhos de investigação, sofrerão pedido de prisão no encerramento do inquérito, na primeira quinzena de abril.

Se o Superior Tribunal de Justiça vai determinar novas prisões (ou não) é outra coisa, mas há elementos para que a Polícia Federal e o Ministério Público trabalhem nessa direção.

Ficou claro um alerta deste BLOG, que muita gente não acredita: José Roberto Arruda está no comando.

Está no comando quando Weligton Moraes, Paulo Octávio, Marcelo Carvalho e muitos outros recusam-se a depor na Polícia Federal.

Está no comando quando a CPI da Corrupção atinge quatro meses de escândalo sem nenhum depoimento.

Está no comando quando se vê o encaminhamento de uma eleição indireta onde um arrudista provavelmente será escolhido para governar o DF até 31 de dezembro.

E por que está no comando?
Em primeiro lugar, Arruda está no comando porque é um estrategista, que pensa o tempo todo nesse combate de técnicas e táticas.

E está no comando porque tem formas diferenciadas de exercer pressão sobre este, aquele, ou aquilo.

Por isso, repito: Brasília sofrerá intervenção federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui