Para Moro, Lula tentou “obstruir a Justiça”

0
15

No ofício ao STF, Sergio Moro disse que a divulgação dos áudios atendeu a pedido do MPF “para prevenir novas condutas” de Lula em sua tentativa de “obstruir a Justiça, influenciar indevidamente magistrados ou intimidar os responsáveis pelos processos atinentes ao esquema criminoso da Petrobrás”.

Evitando alimentar a polêmica, Moro diz que não percebeu “eventuais reflexos” para Dilma.

Leiam esse trecho:

“Quanto ao conteúdo, da mesma forma que os demais, entendeu este julgador que ele tinha relevância jurídico-criminal para o ex-Presidente, já que presente a apuração se a aceitação por ele do cargo de Ministro Chefe da Casa Civil teria por objetivo obter proteção jurídica contra as investigações. Considerando que a investigação tinha por foco condutas supostamente criminais do ex-Presidente e o conteúdo, na perspectiva criminal, juridicamente relevante do diálogo para ele, entendi que não haveria óbice na interceptação e no levantamento do sigilo. No momento, de fato, não percebidos eventuais e possíveis reflexos para a própria Exma. Presidenta da República.”

 

 

 

Fonte: O Antagonista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui