PARTOS NO HRG SERÃO HUMANIZADOS

0
23

Com a inauguração das novas instalações do Pronto Socorro de Ginecologia e Obstetrícia, o Hospital Regional do Gama passa a realizar partos humanizados. Dez salas de PPP – onde as mães recebem atendimento de pré-parto, parto e pós-parto – são o destaque e entram em operação ainda esta semana

Com a presença do secretário de Saúde do Distrito Federal, Joaquim Barros Neto, o Hospital Regional do Gama (HRG) inaugurou, nesta terça-feira (4), o Pronto Socorro de Ginecologia e Obstetrícia. A ala foi totalmente reformada e está apta a atender às exigências do Ministério da Saúde que determina espaços exclusivos nos hospitais da rede pública para a realização de partos humanizados.

De acordo com o diretor do HRG, Robson Umbelino, o grande destaque são as dez salas de PPP. A sigla significa Pré-parto, Parto e Pós-parto e, na prática, funciona da seguinte maneira. A gestante chega ao hospital é admitida na Unidade de Ginecologia e Obstetrícia e, imediatamente, é encaminhada a uma das salas PPP. Aí entra o grande diferencial: as salas são individuais e estarão prontas a receber a mãe e um acompanhante. Neste ambiente, sem precisar se deslocar de um cômodo a outro no hospital, a gestante vai receber todos os atendimentos necessários, do pré-parto ao pós-parto. Todos os procedimentos, inclusive o parto, podem ser acompanhados pelo pai da criança.

As reformas para adequação do espaço durou oito meses e o GDF investiu R$ 1,2 milhão. São duas salas de espera, sendo uma exclusiva para as parturientes, recepção, dez leitos para realização de parto humanizado (PPP), além de salas para assistência ao recém nascido, para o atendimento a vítimas de violência e outra para admissão e exames.

Segundo o chefe da Unidade de Ginecologia e Obstetrícia do HRG, Humberto Magalhães, o hospital realiza 650 partos/mês, número que deve se manter. Com a reforma, o Pronto Socorro de Ginecologia e Obstetrícia ganhou mais três leitos pré-partos, passando de nove para 12. Outras unidades do HRG, como o Pronto Socorro Infantil e o Lactário também passam por mudanças. No próximo semestre, começa a reforma do Pronto Socorro Adulto.

Para Magalhães, os leitos individuais geram qualidade na realização dos partos e reduzem o estresse da futuras mamães. “Ganham os profissionais e as pacientes”, afirmou.

O Pronto Socorro de Ginecologia e Obstetrícia está sendo equipado com camas e materiais que o HRG já possui, enquanto aguarda a compra dos equipamentos de maior complexidade, a ser realizada pela Secretaria de Saúde. Segundo o diretor do hospital, Robson Umbelino, as dez salas de PPP entrarão em funcionamento até sexta-feira (7). De acordo com o secretário de Saúde, Joaquim Barros Neto, a aquisição dos equipamentos deve ser rápida, pelo sistema de adesão à ata de preços.

Fonte: carlos honorato

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui