Paula Belmonte anuncia pré-candidatura ao Palácio do Buriti

A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania) apresentou a pré-candidatura ao Governo do Distrito Federal. Após a federação PSDB-Cidadania decidir por uma candidatura própria na capital federal, Paula se coloca na disputa, em uma composição que pode chegar a seis partidos.

Em reunião na terça-feira (19/7), a executiva nacional da federação decidiu considerar dois nomes, o de Paula Belmonte e o do senador Izalci Lucas (PSDB). A definição da candidatura será feita com base em pesquisas de intenção de voto e viabilidade eleitoral.

Ao longos dos últimos três anos, Paula foi uma das poucas parlamentares de oposição ao atual governador e trabalhou na articulação para um projeto político para as eleições de outubro. Uma frente ampla deve se apresentar ao eleitor, sem deixar de lado as alianças já firmadas, a exemplo do senador Reguffe (União Brasil), também pré-candidato ao governo.

“A gente já vem fazendo esse trabalho de construção com várias pessoas e partidos que são importantes para a cidade. E é preciso reconhecer o senador Reguffe. Se Deus quiser, estaremos juntos para mostrar uma alternativa que traga responsabilidade, transparência e cuidado com as pessoas”, anunciou.

O presidente nacional do Cidadania e vice-presidente da federação, Roberto Freire, cobra uma decisão baseada em consenso e rechaça que a definição pelo candidato seja tomada com base na imposição. “O candidato será escolhido a partir da viabilidade política eleitoral, para escolher aquele que tenha condições efetivas de articular uma grande frente e possa ser uma alternativa para a população do Distrito Federal”, avaliou.

Na semana passada, os dirigentes dos dois partidos decidiram que deveria ser instaurado o colegiado regional da federação PSDB-Cidadania no Distrito Federal. Uma reunião definiu os nomes de cada legenda, com 70% do Cidadania e 30% do PSDB. A composição foi respaldada pelo estatuto da federação, que determina a maioria nos diretórios ao partido que tiver alcançado mais votos para deputado federal e, no DF, o Cidadania teve melhor desempenho em 2018.

Paula Belmonte trabalha por uma aliança que inclua, além da federação PSDB-Cidadania, União Brasil, PSC, Podemos, Novo e PRTB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui