PAULO TADEU E SEU RELATÓRIO DA CPI DA CODEPLAN: DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS

1
12

No relatório da CPI da Codeplan, o deputado distrital  Paulo Tadeu (PT) também pediu o aprofundamento das investigações contra outras 22 pessoas e 36 empresas citadas.

Além disso, sugeriu que a Câmara reprove as contas de Roriz de 2003 a 2006 e de Arruda nos anos de 2007, 2008 e 2009, mas se “esqueceu” das contas do ex-governador do PT Cristovam Buarque,  de 1995 a 1998.

Basta dar uma olhadinha nas contas do ex-governador do PT para ver quantas (e principalmente quais) ressalvas foram feitas pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal.

O governo petista de Cristovam quase levou o BRB à falência, entre outros…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui