PEDOFILIA: VATICANO COMPARA CRÍTICAS À IGREJA A ANTISEMITISMO

0
4
pedofilia

Vaticano compara críticas à igreja a antisemitismo

De O Globo:

O pregador da Casa Pontifícia, Frei Raniero Cantalamessa, comparou, nesta sexta-feira, as recentes denúncias contra a Igreja e o Papa Bento XVI em casos de abuso sexual ao antissemitismo. Único padre autorizado a pregar para o Papa e figura influente no Vaticano, o pregador foi alvo de críticas de judeus e vítimas de abusos. Lembrando que a páscoa judaica e a católica aconteceram este ano na mesma semana, Cantalamessa disse que os judeus foram vítimas de “violência coletiva”, e traçou um paralelo com os escândalos envolvendo a Igreja. O porta-voz Federico Lombardi afirmou que “isso não deve ser interpretado como uma posição oficial do Vaticano”.

– O uso de estereótipos e o deslocamento da responsabilidade pessoal e da culpa individual para a culpa coletiva me lembram os aspectos mais vergonhosos do antissemitismo – disse o pregador ao ler uma carta de solidariedade enviada por um amigo judeu, durante uma missa na Basílica de São Pedro acompanhada por Bento XVI como parte das celebrações da Semana Santa. – Eles (os judeus) sabem por experiência o que é ser vítima da violência coletiva e por isso eles são rápidos em reconhecer os sintomas.

Leia mais em: Pregador do Papa compara críticas a casos de pedofilia na Igreja Católica ao antissemitismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui