PF encontra R$ 3,5 mi na casa de suspeito de operação que mirou Correios

0
35

A organização criminosa é investigada por subfaturar valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT)

DIVULGAÇÃO/PF

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (04/07) a Operação Postal Off II, que investiga uma organização criminosa suspeita de subfaturar valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), além de se apropriar dos grandes clientes do segmento.

Na ação, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados e nas sedes da ABCT, nas cidades de São Paulo, Praia Grande (SP) e São Vicente (SP). No Rio de Janeiro, foi encontrado R$3,5 milhões na casa de um dos acusados.

Esta foi a segunda parte da ação iniciada em setembro de 2019. Também foram expedidos mandados de afastamento de funcionários dos Correios, além de medidas cautelares diversas da prisão, que proíbe a locomoção dos suspeitos e obriga o comparecimento a todos os atos do inquérito. Caso a determinação seja descumprida, a ordem de prisão pode ser decretada.

A investigação, iniciada em novembro de 2018 em Santa Catarina, mostrou que a organização criminosa contava com a participação de trabalhadores dos Correios, fazendo com que grandes cargas de seus clientes fossem distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui