PF faz devassa em prédio do Banco do Brasil

0
12

A Polícia Federal comandou nesta terça-feira uma operação no prédio onde funciona a tecnologia do Banco do Brasil, na Asa Norte, em Brasília. O objetivo foi recolher informações que a instituição estava demorando a repassar sobre fraudes no Programa Nacional de Fortalecimento de Agricultura Familiar (Pronaf). Os policiais levaram documentos e fizeram um pente-fino nos computadores.

 

As fraudes no BB foram detectadas no ano passado em agências de Ribeirão Preto e Guará, interior de São Paulo. As irregularidades teriam desviados pelo menos R$ 35 milhões do banco. À época, dois gerentes da instituição, um engenheiro ambiental e dois homens acusados de aliciamento foram presos pela PF por meio da operação batizada de Golden Boy. Outros cinco suspeitos foram presos temporariamente por lavagem de dinheiro, estelionato e crime contra o sistema financeiro.

 

Segundo o BB, os envolvidos foram punidos imediatamente. Segundo as investigações da PF, iniciadas em abril de 2015, o esquema estava centralizado em uma agência do Banco do Brasil em Guará e envolvia contratos de financiamentos agrícolas para produtores rurais falsos da cidade e de Franca.

 

A PF identificou que o esquema era realizado em outras cidades do interior paulista. Os funcionários do Banco do Brasil eram responsáveis por aprovar contratos de financiamentos agrícolas, abertos em nome de laranjas.

 

Fonte: Vicente Nunes/Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui