PF INVESTIGA ‘ENCOMENDA’ EM INCÊNDIO SUSPEITO

0
12
Autoridades trabalham com a suspeita de que foi “encomendado” o incêndio no escritório da contadora Meire Poza, que trabalhou para o doleiro Alberto Youssef, um dos primeiros delatores da Operação Lava Jato. Foi Meire quem entregou à Polícia Federal a primeira prova material com o nome de Dilma: um bilhete com o nome da presidente abaixo da marcação “1.000.000,00 BSB” e ao lado de “17 Viagem”.
Fonte: Cláudio Humberto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui