PIRATAS EM PERIGO

1
7

Nossos bravos heróis estão preocupados. No início, tudo era lindo, perfeito. O bando havia alcançado o pico do monte, após ganhar a cidade. Ao descobrirem poder e dinheiro, fizeram como os velhos marinheiros: saíram a gastar um bocado de dinheiro com lindas e feias mulheres. Aos solteiros, tempos depois, apareceram os filhos bastardos. Aos casados, problemas maiores ainda. No cais do porto, o velho pescador conta que um dia, um jovem pirata que havia conquistado tudo o que sempre quis, deslumbrou-se com uma moça muito mais nova que sua esposa. Decidido a ficar com a moça a qualquer custo, chamou um amigo igualmente pirata e também muito rico (às custas de muitos saques) e lhe pediu que cuidasse desse assunto amoroso. O amigo foi muito leal e zeloso: a esposa, para não contar o que sabia sobre os negócios do marido pirata, pediu três milhões. O amigo entregou à ela, sete milhões. Este foi o preço pago pelo silêncio de quem viu, ouviu e sentiu muita coisa ao lado do jovem pirata durante suas aventuras e conquistas. Resta saber se o silêncio será eterno. Esta é mais uma história real que inspira a ficção. Para pensar: o homem pode até ter dinheiro, mas dinheiro não compra os olhos de Deus que a tudo vê, todo o tempo e em todo lugar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui