PO BATE O PÉ E CONSTRANGE FILIPPELLI

0
10
Ao aproximar-se do governo do DEM, o deputado federal e presidente do PMDB no DF, Tadeu Filippelli, sabia dos riscos que correria. Só não contava com o chamado “fogo amigo”, iniciado com as declarações bombásticas do deputado distrital e secretário de Habitação, Paulo Roriz, em entrevista ao jornal O Distrital. Ele também sabia dos riscos de se aproximar do maior ‘traidor’ do ex-governador Roriz, o atual governador Arruda. Também deve ter calculado os prós e contras de seu afastamento de Roriz e de sua nova ligação com o DEM. Tadeu Filippelli recebeu de presente a Novacap, onde colocou seu braço direito para tocar os projetos e outros negócios, à exemplo do que fazia nos anos dourados do governo Roriz, e usou o PMDB para tentar ser vice de Arruda. Não conseguiu. PO usou Paulo Roriz para mandar o recado – o que foi prontamente executado, e publicou nota anunciando a continuidade da chapa Arruda/paulo Octavio nas eleições de 2010. E agora, Filippelli? Só lhe restam três opções:
a) Ser candidato à reeleição
b) Ser candidato ao Senado (mas do lado do DEM já existem dois candidatos)
c) Tentar ser vice de Roriz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui