Polícia Federal pede ao STF abertura de inquérito contra Toffoli para investigar suspeita de venda de decisões

0
22
REUTERS/Ueslei Marcelino

A vida do ministro Dias Toffoli começa a ficar tumultuada com a noticia veiculada hoje na Folha de S. Paulo, que afirma que Polícia Federal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito para investigar supostos repasses ilegais ao ministro Dias Toffoli, integrante da Corte, em troca de decisões favoráveis.

Segundo matéria do Estadão, Toffoli foi delatado por Sérgio Cabral, que teria acusado o ministro do STF de receber R$4 milhões de reais para ajudar prefeitos em processos no TSE. Os pagamentos teriam sido feitos para o escritório da esposa do ministro.

Já que Toffoli conta com foro privilegiado, a Polícia Federal pediu ao próprio Supremo autorização para investigar o ministro. Esse pedido está sob análise do ministro Fachin, relatar da Lava Jato no STF.

E agora? Fachin blindará Toffoli? Por quê os ministros do STF não aceitam ser investigados se nada devem? Por quê o STF não aceita a instalação da CPI da Lava Toga?

Motivos não faltam para investigar supremos ministros, não é mesmo?!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui