POR MAIS EMPREGO FORMAL, DILMA QUER CORTAR TRIBUTOS

1
9
Política

Por mais emprego formal, Dilma quer cortar tributos

 

Reforma a ser enviada ao Congresso reduz custos com folha de empresas

Proposta é diminuir de forma escalonada a contribuição patronal ao INSS; governo crê em mais contratações

Valdo Cruz, Folha de S. Paulo

A presidente Dilma Rousseff proporá uma redução escalonada na tributação sobre a folha de pagamento, com um corte inicial de pelo menos dois pontos percentuais na alíquota de contribuição previdenciária das empresas, hoje de 20%.

Nos anos seguintes à aprovação dessas medidas, a ideia é fazer outros cortes, que também podem continuar sendo de dois pontos, até que a contribuição patronal ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) fique em 14%.

A medida beneficiaria imediatamente as empresas por meio da redução de custos com a folha de pagamento. Os trabalhadores devem ser beneficiados indiretamente a médio prazo, já que um dos efeitos esperados pelo governo é o aumento da contratação de trabalhadores com carteira assinada.

A expectativa mais otimista no governo é que, com a redução dos encargos trabalhistas, o mercado formal -hoje estimado em 52% – alcance o patamar de 60% apenas nos primeiros 12 meses de redução da alíquota.

Assinante do jornal leia mais em Por mais emprego formal, Dilma quer cortar tributos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui