POR QUE TE CALAS AGNELO?

25
6

O Jornal de Brasília em sua edição de ontem domingo(15/05) trouxe uma entrevista com o Deputado Federal Izalci Lucas (PR) que impõe ao Governador do DF Agnelo do Santos Queiroz Filho no mínimo, em respeito ao seus eleitores, respostas bem contundentes.
Durante a campanha foram veiculadas pela TV, lidas e ouvidas na mídia, diversas acusações contra Agnelo sobre beneficiar amigos e a ele próprio com dinheiro público quando estava na condição de ministro de Estado no Ministério dos Esportes.
Passados até o momento 5 meses e dezesseis dias de sua posse, sua condição hoje é outra.
Como Governador do Distrito Federal, o agora mandatário, tem a obrigação moral de responder àquelas acusações e as feitas pelo Deputado Izalci Lucas.
Na visão da sociedade brasiliense o que Agnelo deveria fazer, uma vez que sua consciência esta tranquila, era adotar as mesmas medidas que adotou contra Michael e Geraldo, que o acusaram de uso de dinheiro público durante a campanha. O Senhor Governador entrou com diversas ações contra jornalistas, veículos alternativos e até contra o delegado que investigou o desvio de dinheiro federal destinados a ONGs no DF.
Não dá mais para Brasília viver sobressaltos da boataria como vive hoje. Não é mais hora de se manter calado.


Transcrevo abaixo alguns trechos da citada entrevista do JBR, e torço junto com a sociedade do DF que o Governador responda às acusações feitas pelo Deputado Izalci Lucas.

O senhor compôs a base aliada do governo Agnelo por três meses. Mas anunciou a saída em 14 de março. Hoje, a sua postura ainda é a mesma?

Tenho mais convicção agora de que eu não deveria sequer ter entrado. Tive uma decepção, como a maioria das pessoas está tendo, pela inércia, pela falta de projetos e de iniciativa, e pelo governador não ter decisão, não cumprir o que promete. Não é só comigo.

O (ex-)secretário de Segurança Pública (Daniel Lorenz) deixou o governo e disse que Agnelo não cumpriu o compromisso de despolitizar a segurança. É assim, ele promete e não faz. A minha decepção maior é pela falta de expectativa.

O senhor deixou o governo se queixando da falta de continuidade de programas ligados à Educação, pesquisa e tecnologia.

Desenvolvi, nos governos anteriores, projetos que beneficiaram quase 500 mil pessoas, como a Bolsa Universitária, o DF Digital, o Centro de Genômica. São projetos de Estado e não de governo. E a primeira coisa que o governador fez foi começar a acabar com o que nós fizemos. É um absurdo. O governo não só está reduzindo recursos do Bolsa Universitária, por exemplo. Está cortando o sonho de muitos alunos.

Há algo que se possa fazer para retomá-los ou depende, exclusivamente, da vontade do governador?

As pessoas que estão sendo prejudicadas vão reagir. Os projetos ainda não acabaram, estão sendo mal conduzidos. Mas se o governo disser que acabou, a população vai reagir e eu estarei com ela. Mas acho que eles devem continuar com os programas, só querem tirar o nome para não associarem a mim.

Mesmo após a posição do PR sobre a saída da base, o GDF não os procurou?

Para eles, acima do interesse do DF, está a questão política. O que me dizem nos bastidores é que temem um dia sermos concorrentes deles em uma disputa eleitoral. E isso só prejudica Brasília. Dia 28 de dezembro, tive um encontro com o governador Agnelo, juntamente com o nosso deputado Ronaldo Fonseca. Nessa conversa, eu deixei claro que a nossa preocupação não era cargos, era a continuidade dos projetos. Mas quem estava tocando os projetos era a Fundação de Apoio à Pesquisa e indiquei a ele uma pessoa da área, que ele conhece e achou o nome maravilhoso. Mas, depois desta reunião, não conseguimos mais falar com o governador. Ele pediu um tempo para desfazer as conversas apenas, mas afirmou que estava tudo certo. Mas ele não entra em contato, não retorna os telefones. É o perfil dele não resolver nada.

Não há possibilidade de o PR retornar à base?

Há, se o governador disser: ‘E r r e i.

Descobri nessa viagem que fiz para a Europa, passeando, que estava errado’. Se ele disser que acha que a educação integral é importante para Brasília, que o Centro de Genômica é importante e que retomará (o projeto). Estamos aqui para ajudar.

Meu compromisso é com o DF, mas vejo que não vai mudar. Eles devem estar achando que, para o PR, basta dar alguns cargos. Quebraram a cara. Não estou preocupado com cargos, diferentemente, talvez, de outras pessoas do meu partido.

Pedi, no mínimo, 50 vezes audiência com o governador e não consegui. O próprio PT no Congresso tem problemas.

Então, o governador está incomunicável?

O Augusto Carvalho (deputado federal pelo PPS), depois da eleição, não conseguiu falar como Agnelo nem por telefone. O Cristovam (Buarque, senador pelo PDT) só uma vez e olha que o Cristovam foi o grande responsável pela vitória do Agnelo. Na verdade, o grande culpado. O Reguffe (deputado federal pelo PDT) disse que o Agnelo só o atendeu uma vez no telefone, mas que depois disso nunca mais. Todos os partidos reclamam.

E quanto à gestão, quais são os pontos frágeis do governo?

Ele declarou que a prioridade era a Saúde, como se só existisse a Saúde. No discurso dele, ele disse que nos primeiros cem dias inauguraria 14 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), sendo dez novas e quatro reformadas. Das novas, nenhuma foi feita. Das reformadas, a única que inaugurou foi a de Samambaia, que estava pronta e o (ex-governador) Rogério Rosso iria inaugurar. Não mudou nada na Saúde. O pouco que se fez foi só na área de manutenção neste governo. Aliás, um dos grandes desafios que ele não consegue resolver é cortar a grama. O azar do governador é que está chovendo. E a chuva faz o mato crescer.

Mas é possível superar essas questões?

Acho que não, ele é muito indeciso. Até ele tomar uma decisão já acabou o governo. Ele é uma pessoa bacana, mas falta gente decidida nesse governo. O problema dele é que ele não tem planejamento. Ele ganhou o governo por acaso. Depois que ganhou que foi pensar no que fazer.

Já o vice-governador participou de todos os governos. Nada mudou, então. Na política, duas coisas são importantes: a palavra e cumprir acordo. O político que não cumpre acordo não tem crédito. O Agnelo foi taxativo e disse que ia fazer o acordado conosco, sequer disse que ia estudar o caso. E não cumpriu o que prometeu.

O senhor disse que falta gente decidida. Então, sua queixa não é somente contra o governador?

Tão grave quanto a corrupção é a demagogia e hipocrisia. E muitos políticos em Brasília se elegem na bandeira da ética e, na prática, não é assim. O Paulo Tadeu hoje é o primeiro-ministro, é o que está prejudicando o governo. Ele ganha mais poder a cada dia. Recebi uma denúncia de um projeto que o Paulo Tadeu aprovou há muito tempo. Para você receber verba pública, é preciso ter uma entidade de utilidade pública. Um projeto do Paulo foi aprovado na Câmara Legislativa para que a empresa Cataventos fosse declarada de utilidade pública. A Cataventos é do Paulo Tadeu e o irmão dele é tesoureiro. Acho que não é ético.

Se eu desse entrada na Câmara, como deputado, para beneficiar uma ONG minha e pegasse dinheiro público, mesmo que fosse tudo certo, não seria ético. Quando o Agnelo era ministro (do Esporte), repassou milhões para a Cataventos pelo Programa Segundo Tempo. Estou apurando isso.

Como será essa apuração?

Como tem muitas denúncias, inclusive contra o próprio governador, eu vou apurar as do Cataventos. Protocolei um requerimento no Ministério da Justiça por conta de um processo contra o governador referente à Operação Shaolin, porque me encaminharam provas de notas frias e depoimentos. Pedi ao ministério que  me informasse se teve indiciamento nesse processo, quais providências foram tomadas. Fiz também um requerimento para o Ministério do Esporte elencando todos os convênios que me parecem suspeitos e que foram noticiados pela mídia. Tive informações de que existia uma quadrilha que desaparecia com os recursos. Vou apurar tudo isso para acabar com essa demagogia.

Agnelo nós Brasilienses esperamos as suas respostas.


Leia aqui a entrevista completa do Deputado Izalci Lucas.

Fonte: Jornal de Brasilia e Blog do Sombra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui